USP faz parte de rede de instituições mundiais na área de Engenharia

Entre os dias 6 e 7 de outubro, o vice-reitor Executivo de Relações Internacionais, Adnei Melges de Andrade, e cinco

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail
A delegação da USP era formada por representantes de quatro Unidades da Universidade

Entre os dias 6 e 7 de outubro, o vice-reitor Executivo de Relações Internacionais, Adnei Melges de Andrade, e cinco professores da USP – representantes da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ), da Escola Politécnica, da Escola de Engenharia de São Carlos e da Escola de Engenharia de Lorena – participaram da assembleia geral da Top Industrial and Managers Engineers Europe Association (Time), que foi realizada na Universitá degli Studi di Trento, na Itália.

A Time é uma rede de instituições de ensino, criada, em 1989, para a formação de engenheiros com característica bicultural. A USP foi a primeira instituição não-europeia admitida na Associação, em 2003. É composta por 54 escolas, faculdades e universidades técnicas na área de Engenharia.

Essa rede se consolida por meio de programas de dupla diplomação em Engenharia e em áreas afins. Estudantes, escolhidos entre os melhores em suas instituições, realizam programas de estudo com duração entre cinco anos e meio e seis anos, ao final dos quais são concedidos dois diplomas de nível de Engenharia dos dois países das participantes dos programas.

(Foto: Arquivo CCint)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados