USP e Paraguai discutem especialização em engenharia

O reitor Marco Antonio Zago recebeu ontem, dia 28 de outubro, a visita do embaixador do Paraguai. O objetivo da reunião foi identificar possibilidades para que a USP desenvolva programas de capacitação para engenheiros paraguaios, na área de Engenharia.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

O reitor Marco Antonio Zago recebeu ontem, dia 28 de outubro, a visita do embaixador do Paraguai, Manuel María Cáceres Cardozo; da ministra Helena Concepción Felip Salazar; e do diretor de Viabilidade do Ministério de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai, Hugo Miranda. Também esteve presente na reunião o presidente da Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional (Aucani), Raul Machado Neto.

994X2870
A Escola Politécnica e a Escola de Engenharia de São Carlos comprometeram-se a desenvolver uma proposta para ser apresentada ao Ministério de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai

O objetivo da reunião foi identificar possibilidades para que a USP desenvolva programas de capacitação para engenheiros paraguaios. Segundo o embaixador Manuel María Cáceres Cardozo, “o Paraguai está vivenciando um período muito especial de crescimento econômico e isso trouxe consequências, especialmente em termos de infraestrutura. Somos um país carente de infraestrutura e temos uma grande necessidade de profissionais capacitados. É nesse sentido que solicitamos o auxílio da USP”.

O diretor de Viabilidade do Ministério de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai, Hugo Miranda, afirmou que o Governo paraguaio tem grande interesse em áreas como infraestrutura, transporte, saneamento, energia, construção civil, planejamento, logística e meio ambiente.

“Uma das metas dessa gestão é fortalecer a relação da Universidade com a América Latina, principalmente com grandes instituições como a Universidade de Buenos Aires e a Universidade Nacional Autônoma do México (Unam). Nessa proposta há um novo aspecto. Participar de um projeto que promova a economia paraguaia é, de certa forma, fortalecer o desenvolvimento econômico do Brasil”, afirmou o reitor Marco Antonio Zago.

Como resultado da reunião, o diretor da Escola Politécnica, José Roberto Castilho Piqueira, e o diretor da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), Paulo Sergio Varoto, comprometeram-se a elaborar uma proposta para ser apresentada ao Ministério de Obras Públicas e Comunicações do Paraguai.

(Foto: Ernani Coimbra)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados