Reitor se reúne com diretores e discute medidas da gestão

No último dia 4 de fevereiro, o reitor Marco Antonio Zago e o vice-reitor Vahan Agopyan se reuniram com cerca de 60 diretores de Unidades de Ensino e Pesquisa, Institutos Especializados e Museus para discutir as primeiras medidas da nova gestão voltadas à organização administrativa da Universidade.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
“Esta será a primeira de uma série de reuniões que pretendemos fazer com o objetivo de compartilhar as decisões, conforme acordado durante a campanha”, afirmou o reitor

No último dia 4 de fevereiro, o reitor Marco Antonio Zago e o vice-reitor Vahan Agopyan se reuniram com cerca de 60 diretores de Unidades de Ensino e Pesquisa, Institutos Especializados e Museus para discutir as primeiras medidas da nova gestão voltadas à organização administrativa da Universidade.

Ao iniciar a reunião, o reitor ressaltou que o encontro representava o início de um novo modelo de gestão na USP, que privilegiará a gestão compartilhada entre os dirigentes da Instituição. “Esta será a primeira de uma série de reuniões que pretendemos fazer com o objetivo de compartilhar as decisões, conforme acordado durante a campanha”, afirmou.

Em seguida, foram apresentadas as propostas quanto à reorganização das Vice-Reitorias Executivas de Administração e de Relações Internacionais e à reforma política da Universidade, bem como o cronograma de reuniões do Conselho Universitário. A primeira delas, este ano, será realizada no próximo dia 11 de fevereiro e terá como principais pautas a homologação dos nomes dos pró-reitores indicados e a eleição dos membros das Comissões Permanentes do Conselho Universitário (Comissão de Orçamento e Patrimônio, Comissão de Atividades Acadêmicas e Comissão de Legislação e Recursos).

Orçamento

Outro tema apresentado durante a reunião foram as medidas de reorientação orçamentária a serem adotadas na Universidade. O presidente da Comissão de Transição, Antonio Carlos Hernandes, com base em um estudo feito pelo grupo nas últimas três semanas, fez uma explanação sobre a evolução das despesas e receitas da Universidade, com ênfase no comprometimento da receita com folha de pagamento, que, em 2013, chegou ao preocupante índice de 99,8%.

“Temos de adotar uma gestão de recursos parcimoniosa, até que a evolução das receitas e das despesas mostre um cenário mais favorável”, considerou o reitor. A reunião serviu, também, como primeiro passo para a discussão e aprovação do orçamento da USP, que será realizada no dia 25 de fevereiro.

O encontro com os ex-reitores foi realizado no Salão de Atos, no prédio da Reitoria

Ex-reitores

No dia 6 de fevereiro, o reitor e o vice-reitor receberam os ex-dirigentes da Universidade. Estiveram presentes ao encontro os professores Waldyr Muniz Oliva, Antonio Hélio Guerra Vieira, José Goldemberg, Roberto Leal Lobo e Silva Filho, Flávio Fava de Moraes, Adolpho José Melfi, Suely Vilela e Hélio Nogueira da Cruz.

Também nessa semana, nos dias 4 e 5 de fevereiro, o reitor recebeu representantes do Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp) e da Associação de Docentes da USP (Adusp).

(Fotos: Ernani Coimbra)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados