Pró-reitor de Cultura e Extensão quer fomentar a integração

À frente da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da Universidade desde o dia 1º de março, o professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), Marcelo de Andrade Romero, pretende otimizar as atividades da Pró-Reitoria e buscar maior integração com outras áreas.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Dando continuidade à série de entrevistas com os pró-reitores da Universidade, a Sala de Imprensa conversou com o novo pró-reitor de Cultura e Extensão Universitária, Marcelo de Andrade Romero

994X6290
Para a valorização da área de cultura e extensão da Universidade, o novo pró-reitor, Marcelo de Andrade Romero, quer dar mais visibilidade para a programação cultural e de difusão científica oferecida pela USP

Integrar, aproximar, otimizar e compartilhar são os verbos que norteiam as ações previstas para os próximos dois anos pelo professor do Departamento de Tecnologia da Arquitetura da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), Marcelo de Andrade Romero, para a gestão da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU), na qual está à frente desde o dia 1º de março.

Inicialmente, Romero destacou que vai manter todos os programas e ações da Pró-Reitoria. Mas, também ressaltou que a ideia não é criar novos projetos para a área, porque a Universidade realiza muitas atividades, sendo preciso otimizar o que já é feito.

Centros de cultura e extensão

Sobre os 11 centros de cultura e extensão da PRCEU, ele citou que, na área musical, pretende realizar uma aproximação entre a Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) com o Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes (ECA) e a Orquestra de Câmara (Ocam).

O intuito é que a Osusp esteja em sintonia com o que é ensinado no curso de Música dentro da Universidade. Romero quer aproveitar mais o espaço do Parque de Ciência e Tecnologia (Parque CienTec), localizado em uma área extensa vizinha ao Jardim Zoológico da cidade de São Paulo, para desenvolver atividades dos outros centros no local, fazendo com que atuem mais em conjunto, transformando o CienTec em um polo de divulgação científica.

O pró-reitor confirmou a realização das próximas edições de grandes eventos da PRCEU, como a Feira de Profissões, tanto no campus da Capital quanto nos campi do interior, que, nas duas edições de 2015, reuniu cerca de 62 mil visitantes para receberam informações sobre os cursos de Graduação e de toda a infraestrutura cultural e esportiva oferecidas. “A Feira é importante por ser uma atividade de extensão que divulga a USP para a sociedade”, afirmou.

Integração entre Pró-Reitorias

Em sua gestão, ele quer promover uma maior integração com as demais Pró-Reitorias, já que, segundo ele, o público das áreas acaba sendo o mesmo, pois o aluno de graduação também é o público que vai participar das atividades culturais e de extensão e, normalmente, continua na Universidade para realizar pós-graduação e pesquisa. Além disso, ressaltou a importância do desenvolvimento de atividades conjuntas com as Unidades, Institutos e Museus, para que a área cultural e de extensão seja “abraçada” por todos.

Outra ideia é a mobilização dos alunos da USP, seja de graduação, seja de pós-graduação, para participar de novas formas de manifestações artísticas e culturais não só como espectadores, mas também mostrando seus talentos artísticos.

Para a valorização da área de cultura e extensão da Universidade, Romero quer dar mais visibilidade para a programação cultural e de difusão científica oferecida pela USP, incentivando ainda mais o uso de ferramentas digitais para a divulgação.

Por isso, desde o começo do mês de abril, o conteúdo do guia “Caminhos da Cultura e da Ciência”, folder mensal que era distribuído tanto para a comunidade interna quanto para o público geral, está disponível on-line, com a inclusão de atividades de toda a Universidade, e não apenas dos órgãos e programas da PRCEU. “É preciso que as diversas atividades de cultura e extensão sejam conhecidas por todos”, concluiu.


(Foto: Ernani Coimbra)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados