Moção da Congregação da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC)

 21/05/2007 - Publicado há 14 anos
Por

A Congregação da Escola de Engenharia de São Carlos reunida,  em sessão extraordinária de 18/05/07, para avaliar a preocupante situação vivida pela Universidade, vem manifestar publicamente a sua posição de enfática defesa da autonomia universitária e de firme repúdio a quaisquer atos de violência ou  ameaça ao patrimônio público, à integridade física e aos direitos constitucionais de todos os integrantes da comunidade universitária.

A invasão e ocupação da Reitoria desde 03/05/07, a ocupação de Salas de Aula da EESC ou o constrangimento físico ao direito de livre movimentação de qualquer membro da comunidade acadêmica merecem veemente condenação e conspurcam a legitimidade das reivindicações. 

Sobrepor demonstrações de força ao diálogo e à argumentação entre setores legitimamente constituídos prejudica o trabalho cotidiano pela ampliação do acesso à educação pública de qualidade e a defesa da autonomia da Universidade, que é o espaço do saber, do ensino, da cultura e do exercício democrático do pluralismo e da liberdade.

Maria do Carmo Calijuri – diretora


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.