Instituto Oceanográfico constrói novo Bloco Didático para desenvolvimento das atividades de ensino

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

(Da esquerda para a direita), a diretora do IO, Ana Maria Setúbal Pires Vanin; a reitora da USP, Suely Vilela; Tomoko Kuronuma Matsuura e Sócrates Kentaro Matsuura, respectivamente, viúva e filho do professor Yasunobu Matsuura, cujo nome foi dado ao novo bloco didático do IO. (Crédito da Foto: Ernani Coimbra)

O Instituto Oceanográfico (IO) da USP inaugurou no dia 6 de outubro, terça-feira passada, o Bloco Didático “Prof. Dr. Yasunobu Matsuura”. Este novo Bloco tem área de dois mil m² de extensão, dois andares, oito salas de aula e seis laboratórios; cujo nome é uma homenagem a um dos mais destacados professores do IO, falecido no ano de 2003, que contribuiu nas atividades de ensino na graduação e pós-graduação, participou de vários cruzeiros oceanográficos do IO, além de ter sido um dos pioneiros da oceanografia no Brasil.Afirmando que agora, com a construção do novo Bloco Didático, o IO terá um local ideal para desenvolver as atividades de bacharelado em oceanografia, a diretora Ana Maria Setúbal Pires Vanin, citou a frase de Padre Antônio Vieira (1608-1697): “Para falar ao vento bastam palavras, para falar ao coração são necessárias obras”. A reitora da USP, Suely Vilela, ressaltou a importância das atividades de ensino ficarem concentradas em um só espaço, ficando a pesquisa e extensão no prédio da sede do IO. O IO da USP foi fundado em 1946, como Instituto Paulista de Oceanografia, em 1951, mudou para seu nome atual quando foi incorporado à USP. E atualmente tem 190 alunos de graduação e 121 de pós-graduação, 38 professores e 162 funcionários.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail