Inaugurada a Avenida da Tecnologia no campus de Ribeirão Preto

O Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto recebeu oficialmente, da Prefeitura Municipal, na manhã do dia 28 de novembro, sua via de acesso totalmente urbanizada, um prolongamento da Avenida Virgílio Soeira, no Jardim Paulo Gomes Romeo, região oeste da cidade, onde está instalado o Parque Tecnológico. A via foi batizada informalmente como Avenida da Tecnologia.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail
A prefeita Dárcy Vera e o reitor Marco Antonio Zago na cerimônia de inauguração

O Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto recebeu oficialmente, da Prefeitura Municipal, na manhã do dia 28 de novembro, sua via de acesso totalmente urbanizada, um prolongamento da Avenida Virgílio Soeira, no Jardim Paulo Gomes Romeo, região oeste da cidade, onde está instalado o Parque Tecnológico. A via foi batizada informalmente como Avenida da Tecnologia.

Para o reitor Marco Antonio Zago, foi uma ocasião feliz em que se comemora também a boa relação entre a Universidade e o poder público. E a USP, com a responsabilidade de ser a maior da América Latina e do Brasil, “não pode de maneira alguma ser um ente fechado em si mesmo”.

Segundo o diretor presidente da Fipase (Fundação Instituto Pólo Avançado da Saúde de Ribeirão Preto), Antonio Adilton Oliveira Carneiro, não se trata de uma simples via de acesso ao Parque, mas uma via de acesso à tecnologia. Local que escoará tecnologia para todo o país.

A prefeita Dárcy Vera se disse feliz por concretizar mais essa parte no projeto que lhe foi apresentado em 2009 e que agora vê sendo realizado. Para ela, a avenida também será “um grande corredor de tecnologia, de entrada de grandes empresas”, que pretende ainda trazer para a cidade.

Supera Parque

O Parque Tecnológico de Ribeirão Preto é resultado de uma parceria entre a Fipase (Fundação Instituto Polo Avançado de Saúde), USP, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e Secretaria de  Desenvolvimento do Estado de São Paulo. Nele, estão instalados a Supera Incubadora de Empresas, o Supera Centro de Tecnologia, o Polo Industrial de Software (PISO), além de um centro de negócios.

Entre incubadora e centro de negócios, já são 32 as empresas instaladas no Parque, que atuam nas áreas de biotecnologia, medicina humana e veterinária, tecnologia da informação, além de empresas no ramo de equipamentos médico-hospitalares, odontológicos e instrumentação.

Fipase

Criada em 2001, por meio de lei municipal, atua no desenvolvimento da indústria de equipamentos e produtos de saúde em Ribeirão Preto, e no apoio aos setores de tecnologia da informação, biotecnologia, química, fármacos e cosméticos. Mantida pela Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, a Fipase é a gestora da marca Supera que dá nome à Incubadora de Empresas, ao Centro de Tecnologia e ao Parque Tecnológico.

 

(Com informações do Serviço de Comunicação Social da PUSP-RP / Foto: João Neves)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados