Evento promove recepção de alunos e professores chineses

Em uma alegre cerimônia de boas vindas, com direito a grupo de maracatu e apresentação de capoeira, USP e representantes de outras universidades recepcionaram a comitiva chinesa que participará da 2º edição do Programa Top Brasil.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Em uma alegre cerimônia de boas vindas, com direito a grupo de maracatu e apresentação de capoeira, USP e representantes de outras universidades recepcionaram a comitiva chinesa que participará da 2º edição do Programa Top Brasil

A recepção oficial da comitiva chinesa contou com a participação do cônsul geral da República Popular da China em São Paulo, Sun Rongmao, e com representantes das cinco universidades brasileiras conveniadas: USP, Unicamp, Unesp, Fundação Getúlio Vargas e Mackenzie

O grupo, formado por 50 alunos e professores chineses, passará duas semanas no Brasil com o objetivo de aprender um pouco mais sobre o idioma e a cultura local. A ideia desse intercâmbio é reforçar os laços de cooperação e trocar experiências entre dois países que, apesar de viverem situações similares, possuem pontos de vista tão diferentes.

“A recente crise financeira nos mostrou que esta ordem mundial precisa sofrer mudanças, e os países com participação mais ativa daqui para frente serão os países em desenvolvimento como Brasil e China. Por isso, é grande o interesse em estreitar nossos laços”, ressaltou o cônsul Sun Rongmao.

Em seu discurso, o reitor João Grandino Rodas lembrou que a oportunidade oferecida pelo intercâmbio deve se transformar em um compromisso. “As universidades precisam sair de seus casulos para abranger o mundo. Vocês têm a responsabilidade de fazer com que a relação entre Brasil e China seja um objetivo presente nas suas futuras vidas profissionais. É assim que se faz uma corrente, é assim que o mundo se transforma”, disse.

Como coordenadora da edição 2011 do Top Brasil, a USP foi responsável pela elaboração do conteúdo que será desenvolvido pelas universidades conveniadas. Os temas centrais abordados nesse ano são meio ambiente, urbanismo e sociologia.

Programa Top China-Brasil

O Top Brasil é a etapa complementar do programa bilateral de intercâmbio entre Brasil e China. O Top China, primeira etapa do programa, foi organizado pela Unesp e aconteceu em julho, quando estudantes e professores brasileiros tiveram a oportunidade de passar três semanas frequentando e trocando experiências com colegas de universidades chinesas em Pequim e Shanghai.

Top China e Top Brasil são programas de mobilidade internacional que fazem parte do Plano de Apoio à Educação Superior (PAES), financiado pelo Santander Universidades. Além da bolsa de estudo, os Programas oferecem as passagens aéreas de ida e volta, traslados, alimentação e hospedagem.

(Foto: Ernani Coimbra)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados