Conselho Universitário aprova criação de dois novos cursos

O Conselho Universitário aprovou a criação do Bacharelado em Ciências Biomédicas e Bacharelado em Saúde Pública. Na mesma sessão, foi aprovada a criação do Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

O Conselho Universitário aprovou, em sessão realizada hoje, dia 14 de dezembro, a criação de dois novos cursos de graduação, Bacharelado em Ciências Biomédicas e Bacharelado em Saúde Pública. Na mesma sessão, foi aprovada a criação de uma nova Unidade de Ensino e Pesquisa, o Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos.

O Bacharelado em Ciências Biomédicas oferecerá 40 vagas, será ministrado em período integral e terá duração de oito semestres. O objetivo do curso, que será oferecido pelo Instituto de Ciências Biomédicas (ICB), é o de preparar profissionais com ampla visão acadêmica e altamente qualificados para atuar nas áreas de biofísica, imunologia, microbiologia, parasitologia, fisiologia, biologia molecular, histologia humana, bioquímica e embriologia.

O Bacharelado em Saúde Pública, com 40 vagas, em período vespertino, será oferecido pela Faculdade de Saúde Pública (FSP). Com duração de oito semestres, o profissional formado neste curso poderá atuar no âmbito da atenção à saúde, gestão de sistemas e serviços de saúde, gestão ambiental e desenvolvimento sustentável.

Os dois cursos serão oferecidos no Vestibular FUVEST 2012.

Novas Unidades e incorporação

Na mesma sessão, o Conselho Universitário aprovou a criação de uma nova Unidade de Ensino e Pesquisa, o Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos (IAUSC). O Instituto irá abrigar o curso de Arquitetura e Urbanismo, criado em 1985 e até então vinculado à Escola de Engenharia de São Carlos.

Também foi aprovada a transformação do Instituto de Relações Internacionais (IRI), criado em 2004 como instituto especializado, em uma Unidade de Ensino e Pesquisa, o que lhe garantirá maior autonomia e flexibilidade em suas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Outra importante deliberação do Conselho Universitário foi a incorporação do Departamento de Música de Ribeirão Preto, antes vinculado à Escola de Comunicações e Artes (ECA), à Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCLRP), localizada naquele campus. O curso de Música foi implantado no campus de Ribeirão Preto a partir de 2002 como extensão do Departamento da ECA.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados