Conselho Universitário aprova abono salarial para servidores da Universidade

O abono de 28,6% incidirá sobre os vencimentos de maio de 2014. A proposta teve 64 votos a favor, 33 contra e duas abstenções.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

O Conselho Universitário, em reunião realizada no dia 16 de setembro, aprovou a concessão de 28,6% de abono salarial aos servidores técnico-administrativos e docentes da Universidade. O abono incidirá sobre os vencimentos de maio de 2014, conforme proposto pela Câmara de Negociação do Tribunal Regional do Trabalho. A proposta teve 64 votos a favor, 33 contra e duas abstenções.

Segundo dados da Comissão de Orçamento e Patrimônio (COP),  o abono representará, para a Universidade, custos da ordem de R$ 85,8 milhões.

“Esta foi uma reunião exemplar sob vários aspectos. Os conselheiros dispunham de todas as informações necessárias para a decisão. E, pela primeira vez, esse tema foi decidido pelo Conselho. Isto representa uma grande vitória desta gestão, de levar ao Conselho as decisões que lhe competem”, ressaltou o reitor Marco Antonio Zago.

Na mesma sessão, foi homologada a decisão do reitor em antecipar, para os meses de setembro e dezembro, o reajuste salarial de 5,2%, divididos em duas parcelas iguais de 2,57%. As parcelas incidirão sobre as folhas de outubro e novembro, respectivamente, e o índice total sobre as folhas de dezembro e décimo terceiro salário. O reajuste terá impacto de R$ 38,7 milhões no orçamento da Universidade, o que fará, juntamente com o abono, com que o comprometimento do orçamento com a folha de pagamento supere a casa de 106%.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados