Comunicado CRUESP nº 02/2007

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Considerando que o reajuste concedido em maio de 2007 (3,37%) corresponde ao índice medido pelo IPC-Fipe no período maio de 2006 a abril de 2007, que será pago no salário de maio; que o comprometimento acumulado do orçamento com a folha de pagamento, com este reajuste, respeita o percentual máximo de 90%; que é necessário preservar o poder aquisitivo dos salários e, ao mesmo tempo, manter o indispensável equilíbrio financeiro das Universidades; as dificuldades de compatibilizar uma parcela fixa com a estrutura das carreiras nas Universidades; que a estrutura das carreiras são deliberadas pelos órgãos colegiados das Universidades, o CRUESP propôs adicionalmente:

1. constituir comissão de acompanhamento da arrecadação do ICMS, com a participação de técnicos das três Universidades e do Fórum das Seis;

2. iniciar discussão sobre a estrutura da carreira de cada Universidade para verificação da viabilidade de inserção de novo modelo (parcela fixa);

3. realizar em outubro de 2007 reunião entre o CRUESP e o Fórum das Seis para avaliar o comportamento da arrecadação do ICMS e a possibilidade de implementar o novo modelo à luz das discussões sobre a carreira.

* Dadas dificuldades operacionais na USP, a parcela correspondente ao reajuste será paga no dia 12 de junho.

Campinas, 1º de junho de 2007.

CRUESP

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail