Campanha quer estimular alunos de escolas públicas a ingressarem na USP

A campanha, criada pela Pró-Reitoria de Graduação, está sendo veiculada pelo site da PRG, redes sociais e cartazes. As inscrições para exame de vestibular da Fuvest vão de 22 de agosto a 8 de setembro.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

A ação foi criada e desenvolvida pela Pró-Reitoria de Graduação com o apoio da Fuvest

A PróReitoria de Graduação (PRG) criou a campanha #vocetambempode que tem o objetivo de aumentar e estimular os estudantes de rede pública a ingressarem na Universidade. A campanha será veiculada por meio do site da PRG, redes sociais e cartazes e será divulgada antes e durante o período de inscrições do exame de vestibular da Fuvest, que vai de 22 de agosto a 8 de setembro.

No site da campanha, os estudantes encontram informações sobre como ingressar na USP, as mudanças na bonificação no vestibular da Fuvest 2015 e os programas de permanência e formação estudantil. Na página, também há depoimentos de alunos da USP oriundos de escolas públicas, contando seus desafios e superações.

Nas redes sociais, a campanha está presente no Facebook da PRG e pelo Twitter e, conta com o apoio de exalunos ilustres para ajudar a divulgála. Os cartazes da campanha estão sendo divulgados nas Unidades e departamentos da USP e também nas escolas públicas.

Com estas ações, visase dar maior visibilidade e abrangência ao Programa de Inclusão Social (Inclusp) e ao Programa de Avaliação Seriada (Pasusp).

A campanha foi criada e desenvolvida pela equipe da PróReitoria de Graduação, com o apoio da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest). A ideia surgiu da experiência do atual próreitor de Graduação, Antonio Carlos Hernandes, que é professor do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) e, nos últimos 13 anos, atuou junto às escolas da rede pública de ensino em projetos de divulgação científica.

A campanha #vocetambempode pode ser acessada pelo site, Facebook ou pelo Twitter.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados