Brasiliana lança obras digitalizadas de Vinícius de Moraes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Nem surgisse um olhar de piedade ou de amor 

Nem houvesse uma branca mão que apaziguasse minha fronte palpitante…

Eu estaria sempre com um círio queimando para o céu a minha fatalidade

Sobre o cadáver ainda morno desse passado adolescente.

 

(Antologia Poética, 1960)

A partir desta segunda-feira, dia 26 de abril, está disponível para leitura e download no site do projeto Brasiliana Digital o acervo completo de poemas de Vinícius de Moraes. Toda a poesia de Vinicius de Moraes reúne quinze livros do poeta, doados à Biblioteca pelo bibliófilo José Mindlin.

O lançamento das obras digitalizadas foi realizado hoje, durante a abertura do Simpósio Internacional de Políticas Públicas para Acervos Digitais, promovido pela Brasiliana USP, Ministério da Cultura e Casa da Cultura Digital, até o dia 29 de abril, em São Paulo.

Segundo Marcelo Sandmannm, professor adjunto do Departamento de Linguística, Letras Clássicas e Vernáculas da Universidade Federal do Paraná, que assina o texto de abertura da coleção, "Vinicius de Moraes é nome dos mais significativos na vida cultural brasileira do século XX. Além de poeta, bem acolhido pela crítica do tempo e festejado como poucos pelo público leitor, foi autor de teatro, com destaque para Orfeu da conceição (1956), e crítico de cinema e cronista de colaboração regular na grande imprensa do país". Neste ano, completam-se 30 anos de morte do "poetinha", como era chamado, ocorrida no Rio de Janeiro. 

O Projeto Brasiliana Digital foi lançado em junho do ano passado e já disponibiliza 800 livros e 50 mapas de domínio público para consulta e download. As obras foram digitalizadas na própria USP, por um robô apelidado de Maria Bonita (o servidor em que tudo é armazenado "chama-se" Lampião). Dentre as obras digitalizadas, estão 26 livros originais do principal escritor brasileiro do século 19, Machado de Assis; poesias completas de Augusto dos Anjos, além de obras de Castro Alves, Gonçalves Dias e José de Alencar.

Clique aqui para ouvir matéria veiculada na Rádio CBN sobre o lançamento das obras digitalizadas de Vinícius de Moraes. Veja também matéria veiculada no Jornal Nacional, da TV Globo. 

Revistas

 

A Brasiliana Digital disponibiliza também o Acervo Digital das Revistas Culturais Brasileiras, coleção histórica de revistas culturais, com acesso ao texto completo e de forma gratuita. Estão disponíveis o primeiro jornal brasileiro, o Correio Braziliense; o periódico O Patriota, primeiro dedicado à divulgação científica no país; a revista Nitheroy, dedicada à difusão da cultura literária e científica; e dois dos periódicos mais importantes para o modernismo brasileiro, a revista Klaxon e a Revista de Antropofagia.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail