Brasiliana lança obras digitalizadas de Vinícius de Moraes

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Nem surgisse um olhar de piedade ou de amor 

Nem houvesse uma branca mão que apaziguasse minha fronte palpitante…

Eu estaria sempre com um círio queimando para o céu a minha fatalidade

Sobre o cadáver ainda morno desse passado adolescente.

 

(Antologia Poética, 1960)

A partir desta segunda-feira, dia 26 de abril, está disponível para leitura e download no site do projeto Brasiliana Digital o acervo completo de poemas de Vinícius de Moraes. Toda a poesia de Vinicius de Moraes reúne quinze livros do poeta, doados à Biblioteca pelo bibliófilo José Mindlin.

O lançamento das obras digitalizadas foi realizado hoje, durante a abertura do Simpósio Internacional de Políticas Públicas para Acervos Digitais, promovido pela Brasiliana USP, Ministério da Cultura e Casa da Cultura Digital, até o dia 29 de abril, em São Paulo.

Segundo Marcelo Sandmannm, professor adjunto do Departamento de Linguística, Letras Clássicas e Vernáculas da Universidade Federal do Paraná, que assina o texto de abertura da coleção, "Vinicius de Moraes é nome dos mais significativos na vida cultural brasileira do século XX. Além de poeta, bem acolhido pela crítica do tempo e festejado como poucos pelo público leitor, foi autor de teatro, com destaque para Orfeu da conceição (1956), e crítico de cinema e cronista de colaboração regular na grande imprensa do país". Neste ano, completam-se 30 anos de morte do "poetinha", como era chamado, ocorrida no Rio de Janeiro. 

O Projeto Brasiliana Digital foi lançado em junho do ano passado e já disponibiliza 800 livros e 50 mapas de domínio público para consulta e download. As obras foram digitalizadas na própria USP, por um robô apelidado de Maria Bonita (o servidor em que tudo é armazenado "chama-se" Lampião). Dentre as obras digitalizadas, estão 26 livros originais do principal escritor brasileiro do século 19, Machado de Assis; poesias completas de Augusto dos Anjos, além de obras de Castro Alves, Gonçalves Dias e José de Alencar.

Clique aqui para ouvir matéria veiculada na Rádio CBN sobre o lançamento das obras digitalizadas de Vinícius de Moraes. Veja também matéria veiculada no Jornal Nacional, da TV Globo. 

Revistas

 

A Brasiliana Digital disponibiliza também o Acervo Digital das Revistas Culturais Brasileiras, coleção histórica de revistas culturais, com acesso ao texto completo e de forma gratuita. Estão disponíveis o primeiro jornal brasileiro, o Correio Braziliense; o periódico O Patriota, primeiro dedicado à divulgação científica no país; a revista Nitheroy, dedicada à difusão da cultura literária e científica; e dois dos periódicos mais importantes para o modernismo brasileiro, a revista Klaxon e a Revista de Antropofagia.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail