Alunos da ECA elaboram campanhas para o Escritório USP Mulheres

No dia 2 de dezembro, os alunos do curso de Publicidade e Propaganda da ECA apresentaram suas campanhas para promover o Escritório USP Mulheres ao longo de 2016. No evento, também foi divulgado que a professora da FFLCH, Eva Blay, será a nova coordenadora do Programa.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Nadine-Zago-Hernandes-Dorinho
(Da esq.p/dir) A representante da ONU Mulheres Brasil, Nadine Gasman; o reitor Marco Antonio Zago; o pró-reitor Antonio Carlos Hernandes; e o professor da ECA, Heliodoro Teixeira Bastos Filho

Dirigentes da USP e representantes do Programa ONU Mulheres Brasil reuniram-se, no dia 2 de dezembro, no prédio da Administração Central, para assistir à apresentação das propostas de campanha para o Escritório USP Mulheres, elaboradas pelos alunos da disciplina Arte Publicitária do curso de Publicidade e Propaganda da Escola de Comunicações e Artes (ECA), sob a coordenação do professor da Escola, Heliodoro Teixeira Bastos Filho.

Nove equipes de alunos das turmas da manhã e da noite – ou, como são denominadas no meio publicitário, “agências” – apresentaram suas propostas de campanha para o Programa. O professor responsável pela disciplina explicou que os alunos foram orientados a criar uma campanha de conscientização sobre os direitos das mulheres, cujo tema abordado pudesse ser utilizado ao longo do ano de 2016.

Desde junho de 2015, a USP é uma das dez universidades mundiais escolhidas para fazer parte do movimento solidário “ElesPorElas” [HeForShe], desenvolvido pela ONU Mulheres, instituição das Nações Unidas dedicada a projetos na área de igualdade de gêneros e empoderamento das mulheres.

Uma das principais iniciativas da USP, que integra o projeto da ONU, é a criação do Escritório USP Mulheres, que terá um escritório no Campus da Capital, em São Paulo, e será responsável pela coordenação do relacionamento entre a Administração da Universidade e a comunidade universitária e pela proposição e implementação de iniciativas e projetos voltados para a igualdade de gêneros

“Um movimento de transformação social, em que meninos são chamados a defender os direitos das meninas”, explicou a representante da ONU Mulheres Brasil, Nadine Gasman, sobre o movimento HeforShe. Ela destacou o fato de a USP ser a única universidade latino-americana a participar do programa, ressaltando o esforço da Universidade na criação do Escritório USP Mulheres, “que tem o desafio de conquistar mente e corações”, e a escolha da professora da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), Eva Blay, para coordenar o projeto.

“Notável e reconhecida pesquisadora por seus trabalhos acadêmicos, Eva Blay é um dos principais nomes do feminismo no Brasil: criou o primeiro curso de graduação e pós-graduação sobre mulher na USP, precursora de estudos sobre participação política das mulheres, feminismo, masculinidade e violências contra as mulheres. Uma de nossas expectativas é que a USP aprimore os mecanismos de denúncia e de prevenção dentro da Universidade”, afirmou.

O reitor Marco Antonio Zago falou da importância da campanha do Escritório USP Mulheres. “A realização desta campanha em fevereiro de 2016 será a primeira ação do Escritório USP Mulheres, que integra o HeforShe. Nossa tônica tem de ser mais no aspecto educativo e na mudança de comportamento”, ressaltou.

O pró-reitor de Graduação, Antonio Carlos Hernandes, destacou a parceria já existente entre a Pró-Reitoria e a ECA, que cria, há 17 anos, a campanha da Semana de Recepção aos Calouros.

O julgamento da melhor campanha será feito por um júri de 13 pessoas e o resultado será divulgado no dia 11 de dezembro.

Veja, abaixo, a galeria de fotos com as apresentações das Agências.

(Fotos: Ernani Coimbra)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados