Presidente da Alesp não abre agenda para receber Conselho de Reitores

Em comunicado, Cruesp se coloca à disposição do Legislativo para mostrar os dados financeiros de maneira transparente e esclarecer os prejuízos caso o PL 529 seja aprovado

 21/09/2020 - Publicado há 1 ano  Atualizado: 25/09/2020 as 18:30

Comunicado Cruesp nº 09/2020

São Paulo, 21 de setembro de 2020.

O Cruesp informa que, em 03 de setembro p.p., foi enviado o Ofício Cruesp 07/20 ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), deputado Cauê Macris, solicitando agendamento de reunião para discutir a possibilidade dos reitores prestarem esclarecimentos ao Colégio de Líderes da Alesp sobre os impactos do Projeto de Lei 529/20 na autonomia universitária e nas finanças das universidades estaduais paulistas.

Entretanto, em resposta a essa solicitação, o Cruesp recebeu a seguinte mensagem:

“De ordem do Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, Cauê Macris acuso o recebimento do ofício de solicitação de audiência. Devido a grande demanda, infelizmente não poderemos agendar nesse momento. Assim que possível, entraremos em contato.”

O Cruesp reafirma que se coloca à disposição do Legislativo para mostrar os dados financeiros de maneira transparente e esclarecer os prejuízos inevitáveis para a população do Estado de São Paulo, caso esse projeto seja aprovado na forma como proposto.

Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.