Pós-Graduação oferece bolsas de R$ 685 para mães pesquisadoras

A iniciativa é voltada para pesquisadoras que são mães e tiveram sua renda comprometida por causa da pandemia.

Por
Mães pesquisadoras – Arte sobre Ilustração Kit8 d.o.o./Adobe Stock e ícones Flaticon

 

Alunas de pós-graduação que são mães de crianças com menos de 14 anos têm até a próxima segunda-feira, dia 22 de março, para se inscrever no Programa Especial PAE – Mães Pesquisadoras.

O edital foi lançado pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação e oferece 100 bolsas no valor de R$ 685,90, por cinco meses. Além de aperfeiçoar a formação didático-pedagógica das alunas, o objetivo do edital é permitir que mães pesquisadoras que foram prejudicadas pela pandemia possam continuar desenvolvendo suas atividades de pesquisa com qualidade.

“A pandemia exacerbou problemas existentes na Universidade e na sociedade. Uma situação muito clara foi o prejuízo para as atividades das mães pesquisadoras que estão cursando a pós-graduação. Com este edital, queremos que estas pesquisadoras possam receber colaboração diferenciada na sua formação didático-pedagógica, além da contribuição da bolsa. O tempo de dedicação às atividades foi ajustado e espero que os supervisores dos estágios contribuam significativamente para a formação de nossas alunas”, explicou o pró-reitor de Pós-Graduação, Carlos Gilberto Carlotti Jr.

Podem se inscrever as alunas de mestrado ou doutorado que sejam mães ou tenham a guarda de crianças com menos de 14 anos, não tenham bolsa de agência de fomento ou vínculo empregatício vigente, e com renda familiar inferior a dois salários mínimos.

Se o número de inscrições exceder a quantidade total de bolsas, será realizada uma seleção, considerando-se como critérios de prioridade as mães de crianças com menos de dois anos, mães solo, mães que utilizam moradia na USP, mães de mais de uma criança, entre outros.

O processo seletivo será acompanhado por um comitê formado por duas orientadoras de programas de Pós-Graduação da USP, duas representantes da Associação de Pós-Graduandos e um representante do Escritório USP Mulheres.

As inscrições podem ser feitas até o dia 22 de março, pelo formulário disponível na página da Pró-Reitoria de Pós-Graduação. Para mais informações, consulte o edital do programa ou envie sua dúvida para o e-mail pae@usp.br.

Mães na pandemia

A iniciativa de oferecer bolsas especiais para as mães pesquisadoras partiu da Associação de Pós-Graduandos (APG) da Capital, que observou a situação crítica enfrentada por algumas alunas após a suspensão das atividades presenciais nos campi e de alguns serviços como creches e escolas, que passaram a ser oferecidos de forma remota.

Reunião entre representantes da APG da Capital e o pró-reitor de Pós-Graduação, Carlos Gilberto Carlotti Jr., para a elaboração do edital – Foto: Reprodução

 

A associação criou um Grupo de Trabalho para Acolhimento Parental, que entrou em contato com a Pró-Reitoria de Pós-Graduação para expor a urgência da demanda e, em conjunto, encontrar uma solução rápida e viável para auxiliar essas pós-graduandas. O grupo é formado pelos pós-graduandos Amanda Caroline Harumy Oliveira (Prolam), Ingred Merllin Batista de Souza (FM), Laísa de Assis Batista (IGc), Taís Rodrigues Tesser (EACH) e Rafael Rodrigo da Silva Pimentel (EE).

“Esse edital é um importante passo, pois sinaliza a vontade política da Universidade em apoiar as pesquisadoras mães, compreendendo suas demandas específicas. Ele também será um termômetro para entendermos qual é nossa verdadeira demanda e conhecer melhor o novo cenário desse recorte da pós-graduação”, relatam as representantes da APG da Capital.

A iniciativa também contou com o apoio dos coletivos Crias na USP, Mães do Crusp, Parent In Science, Rede Não Cala USP, das alunas Eloá Pelegrinello, Gabriela Beraldo e Thamires da Silva Alves, e das assistentes sociais da Superintendência de Assistência Social (SAS).

O grupo também lançou a campanha Antes e Depois da Pandemia: Parentalidade na Pós-Graduação, uma pesquisa para ouvir estudantes e docentes que estão vivendo ou já viveram a realização do mestrado, doutorado e pós-doutorado concomitante com a criação de seus filhos. O objetivo é entender melhor as necessidades desse grupo e definir políticas de permanência estudantil específicas. Clique aqui para acessar a campanha.

O Programa de Aperfeiçoamento de Ensino (PAE) é um programa da Pró-Reitoria de Pós-Graduação que oferece bolsas para mestrandos e doutorandos participarem, sob a supervisão de docentes, de atividades de ensino na graduação, aprimorando a sua formação didática.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.