O papel da Fapesp no cenário atual do financiamento de pesquisas no Brasil

A discussão foi promovida pelas pró-reitorias de seis universidades públicas de São Paulo: USP, Unesp, Unicamp, Unifesp, UFSCar e UFABC

 31/05/2021 - Publicado há 5 meses  Atualizado: 04/06/2021 as 15:29
Por
Foto: Reprodução

“A preocupação das universidades com a questão do fomento, tanto das pesquisas quanto da pós-graduação, é um problema internacional, mas afeta nosso País de forma particular porque há uma redução significativa das dotações financeiras. Temos que nos preparar para um futuro que ainda está bastante incerto e, certamente, será diferente de 2019”, ressaltou o reitor Vahan Agopyan, na abertura da palestra on-line Momento atual e o futuro do fomento a projetos e pós-graduação em SP, que aconteceu hoje, dia 31 de maio.

O evento foi organizado pelas pró-reitorias das seis universidades públicas de pesquisa instaladas no Estado de São Paulo – a USP, Unesp, Unicamp, Unifesp, UFSCar e UFABC – com o objetivo de discutir o papel da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) no atual cenário e o futuro do financiamento de pesquisas e bolsas de pós-graduação.

“Nossa preocupação é dar granularidade às informações, para que elas cheguem aos pesquisadores, aos professores, aos alunos de pós-graduação, a toda a comunidade acadêmica, para que possamos entender melhor o que está acontecendo e as políticas e ações da Fapesp”, explicou o pró-reitor de Pós-Graduação da USP, Carlos Gilberto Carlotti Junior, um dos organizadores do evento.

Em sua apresentação, o diretor científico da Fapesp, Luiz Eugênio Araújo de Morais Mello, reforçou que “a Fapesp é certamente uma grande agência, que contribui de maneira decisiva para o desenvolvimento da ciência e da tecnologia no Estado de São Paulo e no mundo, mas ela sozinha não dá conta de todas as incumbências de fomento de pesquisa e não consegue cobrir a ausência de investimentos de outras agências, como Capes e CNPq”.

Mello também lembrou que a longa duração da pandemia adicionou incertezas em relação à economia e à arrecadação tributária, que colocariam em risco os compromissos de longo prazo com projetos temáticos, bolsas e linhas de financiamento, assumidos anteriormente.

O evento também contou com a participação dos coordenadores adjuntos da Fapesp: Marta Arretche (Ciências Humanas e Sociais), Roberto Marcondes Cesar Junior (Programas Especiais e Colaborações em Pesquisa) e Richard Garratt (Ciências da Vida); e dos pró-reitores Maria Valnice Boldrin (Unesp), Rachel Meneguello (Unicamp), Lia Rita Azeredo Bittencourt (Unifesp), Rodrigo Constante Martins (UFSCar) e Charles Morphy Dias dos Santos (UFABC).

Assista, a seguir, à integra do evento.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.