Museu do Ipiranga está com 70% das obras de restauro do edifício-monumento concluídas

A informação foi apresentada durante a reunião virtual promovida pelo Comitê Gestor do Novo Museu do Ipiranga com representantes dos patrocinadores do projeto

 22/06/2021 - Publicado há 4 meses  Atualizado: 30/08/2021 as 19:34
Por
Este foi o sexto encontro do grupo, que tem se reunido sistematicamente desde novembro de 2019 para compartilhar informações atualizadas sobre o empreendimento – Foto: Reprodução

 

Cerca de 70% das obras de reforma do edifício-monumento do Museu do Ipiranga estão concluídas. A informação foi apresentada durante a reunião virtual promovida pelo Comitê Gestor do Novo Museu do Ipiranga com representantes dos patrocinadores, no dia 22 de junho. Este foi o sexto encontro do grupo, que tem se reunido sistematicamente desde novembro de 2019 para compartilhar informações atualizadas sobre o empreendimento.

+ Mais

Museu do Ipiranga inaugura mirante para público acompanhar obras de ampliação e restauro

Reforma no Museu do Ipiranga revela descobertas arqueológicas

Quando a obra estiver finalizada, em setembro de 2022, o prédio, que é um patrimônio tombado nas esferas municipal, estadual e federal do governo, será dedicado exclusivamente à visitação pública, com exposições e espaços para apreciação visual de sua arquitetura, acessibilidade, sustentabilidade e segurança, com equipamentos especiais para a prevenção de incêndios.

Já o Edifício Ampliação, um espaço novo com 6.800 metros quadrados de área, está com 55% da obra concluída e deverá abrigar sala de exposições temporárias, salas para atendimento do programa educativo, café, auditório e lojas.

O Museu do Ipiranga foi fechado para visitação do público em 2013 e a expectativa é que seja reaberto, completamente renovado e ampliado, para a celebração do bicentenário da Independência do Brasil. Assista, a seguir, a mais um episódio da série Diário do Novo Museu do Ipiranga, que apresenta dados sobre as obras e sobre as exposições programadas para a inauguração.

Os trabalhos de restauração, modernização e ampliação do museu devem custar cerca de R$ 188 milhões e contam com patrocínios diretos e incentivados via Lei de Incentivo à Cultura pelas seguintes empresas: Atlas, Banco Safra, BNDES, Bradesco, Caterpillar, Comgás, CSN, EDP, EMS, Fundação Banco do Brasil, Honda, Itaú, Vale, Sabesp, Grupo Ultra Ipiranga e Pinheiro Neto Advogados. Mais recentemente, o Banco Santander também passou a integrar o rol de patrocinadores.

Além dos cerca de 50 representantes das empresas patrocinadoras, participaram da reunião o governador João Doria; o secretário estadual de Cultura e Economia Criativa, Sérgio de Sá Leitão; o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido; o reitor da USP, Vahan Agopyan; o secretário-geral da Universidade, Pedro Vitoriano de Oliveira; a diretora do Museu, Rosária Ono; além de outros dirigentes da USP.

A equipe do Novo Museu do Ipiranga produziu um vídeo para engajar o público nos preparativos para o bicentenário da Independência. Assista.

(Texto atualizado em 24/06/21)


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.