Lançamento de livro sobre autonomia universitária reúne dirigentes

O livro é de autoria dos professores José Roberto Drugowich de Felício e Paulo de Tarso Artencio Muzy

  • 9
  •  
  •  
  •  
  •  
Lançamento do livro Os desafios da autonomia universitária – Foto: Cecília Bastos/USP Imagem

O reitor da USP, Vahan Agopyan, foi um dos convidados que prestigiaram o lançamento do livro Os desafios da autonomia universitária – a história recente da USP, de José Roberto Drugowich de Felício e Paulo de Tarso Artencio Muzy, que aconteceu ontem, dia 18 de junho, na Livraria da Vila, em São Paulo.

A obra faz um relato sobre o processo de construção do conceito de autonomia universitária que levou à publicação do Decreto Estadual 29.598, de 2 de fevereiro de 1989. A autonomia garantiu orçamento próprio para as três universidades públicas paulistas – USP, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) e Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) –, fixado a partir de um porcentual do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O prefácio do livro é assinado pelo ex-reitor da Unicamp, Carlos Vogt.

Os autores fizeram um extenso levantamento bibliográfico para reconstituir essa história em 350 páginas, tendo como base matérias jornalísticas, documentos, bibliografia sobre autonomia universitária e entrevistas (clique aqui e leia a entrevista concedida pelos autores ao Jornal da USP).

O reitor Vahan Agopyan parabeniza José Roberto Drugowich, um dos autores do livro – Foto: Cecília Bastos/USP Imagem

Entre os entrevistados estão os professores José Goldemberg, ex-reitor da USP e atual presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp); Arthur Roquete de Macedo, ex-reitor da Unesp; Erney Plessmann de Camargo, ex-pró-reitor de Pesquisa da USP e ex-presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a quem o livro é dedicado; Roberto Leal Lobo e Silva Filho, ex-reitor da USP; Hugo Armelin, ex-pró-reitor de Pesquisa da USP; e José Arthur Giannotti, Professor Emérito da USP.

Tanto Muzy quanto Drugowich participaram dos bastidores da criação do documento de 1989. Enquanto o primeiro atuava no Governo do Estado, o segundo participava da administração da Universidade. Na gestão anterior da USP (2014-2017), os autores trabalharam como assessores do Gabinete do Reitor.

Ex-secretário de Estado adjunto, chefe de gabinete nas secretarias de Estado da Agricultura e de Ciência e Tecnologia de São Paulo, e ex-presidente da Fundação Prefeito Faria Lima (Cepam), Muzy se formou no Instituto de Física (IF), onde desenvolveu sua carreira científica ao lado do professor Mário Schenberg.

O ex-reitor e atual presidente da Fapesp, José Goldemberg cumprimenta os autores – Foto: Cecília Bastos/USP Imagem

Drugowich também é físico graduado pela USP e professor titular aposentado da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Foi chefe de gabinete da Reitoria da USP, coordenador da Coordenadoria de Administração Geral (Codage) da Universidade e diretor do CNPq.

Entre os muitos dirigentes e pesquisadores que marcaram presença no evento de lançamento do livro estavam o vice-reitor Antonio Carlos Hernandes e os ex-reitores da Universidade, José Goldemberg, Flavio Fava de Moraes e Marco Antonio Zago.

  • 9
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados