IQSC é premiado pela melhor Semana de Recepção aos Calouros de 2020

A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia e a Escola de Educação Física e Esporte também foram premiadas

Editorias: Institucional - URL Curta: jornal.usp.br/?p=372225
[A partir da esquerda] Antonio Carlos Hernandes, Vahan Agopyan, Edmund Chada Baracat e Maria Vitória Lopes Badra Bentley – Foto: Cecília Bastos/Usp Imagem
O Instituto de Química de São Carlos (IQSC) foi o vencedor do prêmio Melhor Semana de Recepção aos Calouros 2020. A distinção é concedida anualmente pela Pró-Reitoria de Graduação (PRG) e homenageia a unidade e o centro acadêmico que organizaram a melhor programação de atividades para receber os novos estudantes da Universidade.

A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) ficou em segundo lugar e a Escola de Educação Física e Esporte (EEFE), em terceiro. “Todas as unidades de ensino da USP participaram da Semana de Recepção aos Calouros e receberam menções honrosas. As campanhas estão ficando cada vez melhores e é difícil escolher qual foi a mais participativa, a mais adequada”, explicou o pró-reitor de Graduação, Edmund Chada Baracat.

“É uma grande honra receber o prêmio pela melhor Semana de Recepção aos Calouros. Neste ano, a ideia foi organizar atividades para mostrar aos alunos ingressantes as dificuldades, os caminhos e as grandes oportunidades de estudar na USP. Nós queremos conquistar, desde o início, a fidelidade desse jovem que será para sempre um parceiro da Universidade”, afirmou o diretor do IQSC, Emanuel Carrilho.

O vice-reitor Antonio Carlos Hernandes lembrou que “este ano tem sido particularmente difícil por causa da pandemia, por isso teremos de fazer um esforço para, no momento adequado do retorno das atividades presenciais, receber novamente esses alunos que ainda não viveram a USP em sua plenitude”.

Além do Troféu Recepção Legal e da placa de Semana de Recepção de Calouros 2020, o IQSC também recebe um prêmio no valor de R$ 4 mil, para a aquisição de equipamentos de informática para o uso dos alunos de graduação, e passa a abrigar, por um ano, a escultura itinerante da artista plástica Carmela Gross, especialmente criada para simbolizar os princípios acadêmicos da Universidade que são difundidos durante a Semana de Recepção aos Calouros: humanismo, excelência, universalismo e solidariedade.

A cerimônia de premiação foi realizada virtualmente no dia 19 de novembro, durante uma reunião do Conselho de Graduação.

“Há cerca de duas décadas, com a criação da Semana de Recepção aos Calouros, entrar na Universidade deixou de ser um momento de humilhação e violência para se tornar um momento de felicidade. Foi uma mudança cultural lenta e difícil, mas felizmente estamos conseguindo eliminar esse comportamento. O jovem de hoje é diferente, ele foi superprotegido e o ingresso na Universidade representa uma mudança muito grande em sua vida, por isso uma recepção acolhedora é cada vez mais importante”, lembrou o reitor Vahan Agopyan.

Instituída em 1998, a Semana de Recepção aos Calouros marca o início do ano letivo e foi criada com o objetivo de incentivar as unidades a promoverem uma melhor integração entre alunos novos e veteranos. Nesse período, as aulas regulares são substituídas por atividades como gincanas, oficinas, palestras, campanhas educativas e ações sociais. Neste ano, a semana aconteceu entre os dias 17 e 21 de fevereiro, com a campanha “Você faz parte de tudo isso”.

Cartazes da Campanha de Recepção 2020 – Imagem: Divulgação/PRG USP

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.