IEB reinaugura mosaico de pastilhas de Tomie Ohtake

A transferência para a nova sede coincide com os 25 anos da instalação e da doação da obra

Editorias: Institucional - URL Curta: jornal.usp.br/?p=269167
Além de um sistema de iluminação integrado, a nova base em que o mosaico foi instalado possui rodinhas que permitem seu deslocamento pelo espaço interno do Instituto – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Na tarde de ontem, dia 28 de agosto, o Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) celebrou a reinauguração do mosaico em pastilhas vítreas, de autoria da artista plástica nipo-brasileira Tomie Ohtake.

O painel, que mede 2,38 metros de altura e 2,63 metros de largura, estava instalado originalmente numa parede, no final do amplo corredor de entrada do antigo prédio do IEB. Com a mudança para a nova sede, no Complexo Brasiliana USP, começaram os preparativos para a sua complexa e delicada transferência.

“Observando o painel aqui, neste lugar excepcional, lembramos que a Tomie sempre se preocupou em fazer com que suas obras conversassem com o observador, especialmente as obras instaladas em locais públicos, ao ar livre. Ao contrário de muitas de suas obras públicas famosas, espalhadas em São Paulo e em outras cidades do mundo, este mosaico não tem o grande público da cidade, mas tem o grande público da USP, o que é uma grande honra”, afirmou o diretor do Instituto Tomie Ohtake, Ricardo Ohtake.

A reinauguração da obra no novo espaço coincide com os 25 anos da cerimônia de inauguração e doação do mosaico ao instituto, realizada no dia 31 de agosto de 1994, com a presença da própria Tomie Ohtake. Para a diretora do IEB, Diana Gonçalves Vidal, “reinaugurar esse mosaico após 25 anos de sua instalação é também uma maneira de evidenciar a responsabilidade do IEB e da USP com a preservação do patrimônio cultural sob sua guarda. Essa cerimônia evidencia o compromisso da Universidade com a disseminação da cultura e a preservação de seus artefatos, testemunha ainda o respeito com que tratamos a coisa pública e com que desempenhamos as delegações que recebemos da sociedade”.

[A partir da esq.] Ricardo, Diana, Agopyan, Ruy, Flávia, Ana Lúcia, Sandra, Maria Angela – Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Além dos dois filhos de Tomie Ohtake, Ruy e Ricardo, estavam presentes o superintendente do Espaço Físico, Francisco Ferreira Cardoso; o superintendente de Assistência Social, Fábio Müller Guerrini; a vice-diretora do IEB, Flavia Camargo Toni; as ex-diretoras do IEB, Ana Lúcia Duarte Lanna (2006-2010), Maria Angela Faggin Pereira Leite (2010-2014) e Sandra Margarida Nitrini (2014-2018); a assessora da Reitoria, Cláudia Toni; pesquisadores, funcionários do instituto e amigos da família.

Em defesa da arte

O reitor Vahan Agopyan lembrou que “essa é mais uma das obras de Tomie Ohtake instaladas na Cidade Universitária. Tenho a certeza de que será um chamariz para aumentar a visitação às instalações do IEB e da Biblioteca Brasiliana Mindlin”.

“Nesse momento tão peculiar do nosso País, as universidades estão sendo alvo de agressões e tendo que justificar a importância de serem multidisciplinares, de abrangerem todas as áreas do conhecimento, de apoiarem as humanidades porque elas são essenciais para a formação de cidadãos e para a consolidação da nação. Mas é em um momento de comemoração como esse que reafirmamos nosso orgulho por abrigarmos e conservarmos obras de artistas brasileiros. Essa é a resposta a esses grupos que nos atacam”, defendeu Agopyan.

Na cerimônia, o diretor do Instituto Tomie Ohtake, Ricardo Ohtake, assinou o termo de renovação da doação da obra ao IEB.

Veja o vídeo produzido pelo Instituto de Estudos Brasileiros sobre a obra de Tomie Ohtake.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.