“Guia da Faculdade” confere cinco estrelas a 108 cursos de graduação da USP

A Universidade segue sendo a instituição de ensino com maior número de cursos com notas máximas em todo o País

 Publicado: 08/11/2022  Atualizado: 11/11/2022 as 15:33
Por

A USP é a instituição de ensino superior brasileira com maior número de cursos de graduação considerados excelentes pelo Guia da Faculdade 2022. Dos 153 cursos avaliados, 72% alcançaram a classificação máxima do ranking. Neste ano, a Universidade teve um desempenho melhor do que em 2021, subindo de 101 para 108 cursos com cinco estrelas (para acessar a lista completa dos cursos, clique aqui).

O pró-reitor de Graduação, Aluisio Augusto Cotrim Segurado, afirma que o desempenho da USP no ranking atesta a qualidade dos projetos pedagógicos, do corpo docente e da infraestrutura universitária. “Parabéns a docentes, discentes e servidores técnico-administrativos que constroem coletivamente a excelência da Universidade”, ressaltou Segurado.

Além da USP, a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) ocupa a segunda colocação, com 53 cursos considerados excelentes, e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o terceiro lugar, com 49. As universidades estaduais públicas de São Paulo somam 210 cursos cinco estrelas, o que corresponde a 25% do total de notas máximas em todo o País.

Em 2022, a avaliação dos cursos foi feita por mais de 10 mil professores, que atribuíram notas a mais de 17 mil cursos de graduação. Apenas 637 cursos obtiveram a pontuação máxima, sendo que 81% destes são de instituições públicas.

 

Entenda a classificação 

O Guia da Faculdade é elaborado pelo Estadão em parceria com a Quero Educação, uma das principais startups da área educacional do Brasil. Publicado desde 2019, o Guia leva em conta todas as instituições de ensino superior cadastradas no Ministério da Educação. Os eixos avaliados são o projeto pedagógico, o corpo docente e a infraestrutura. 

Os mais de 10 mil avaliadores são professores e coordenadores acadêmicos que colaboram de maneira voluntária para o Guia. As notas atribuídas em 2020 e 2021 também foram consideradas e tiveram peso 1 e peso 2, respectivamente, enquanto as notas dadas em 2022 tiveram peso 3.  


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.