Fuvest divulga lista de medalhistas aprovados para estudar na USP

Esta é a primeira vez que a USP adota esse modelo para o ingresso de estudantes em seus cursos de graduação

Do total de mais de 1.500 inscritos, 81 candidatos foram classificados – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

A Fuvest divulgou, hoje, dia 7 de outubro, a relação dos candidatos aprovados no processo seletivo para os cursos de graduação da USP destinados a estudantes do ensino médio que participaram de competições do conhecimento. Do total de mais de 1.500 inscritos, 81 alunos foram classificados.

Esta é a primeira vez que a USP adota esse modelo para o ingresso de estudantes. “Nessa nova modalidade, as Unidades de Ensino e Pesquisa disponibilizaram de uma a três novas vagas nos cursos. E esse é um diferencial do nosso programa”, considera o pró-reitor de Graduação, Edmund Chada Baracat.

Em 2019, foram oferecidas 113 vagas em 60 cursos de graduação da Universidade. A maioria das vagas estava vinculada a cursos de ciências exatas e engenharias, mas também havia opções em cursos na área de humanas, como Gestão de Políticas Públicas e Design, e biológicas, como Farmácia, Ciências Biológicas e Ciências Biomédicas. “Unidades com cursos competitivos, como Escola Politécnica (Poli), a Escola de Comunicações e Artes (ECA) e o Instituto de Ciências Biomédicas (ICB), participaram desta primeira edição do programa”, comemora o pró-reitor.

Pró-reitor de Graduação, Edmund Chada Baracat – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

A seleção foi feita de acordo com um sistema de pontuação que teve como base a medalha obtida pelo aluno na competição. As olimpíadas aceitas para a seleção e a pontuação mínima exigida foram definidas pelas Unidades de Ensino e Pesquisa nas quais os cursos são oferecidos. Entre as competições aceitas estão as olimpíadas nacionais e internacionais nas áreas de Matemática, Física, Biologia, Química, Astronomia, Informática e Robótica.

Esse tipo de ingresso é exclusivo para alunos brasileiros, concluintes do ensino médio e que tenham sido premiados há, no máximo, dois anos em uma das competições do conhecimento definidas pelas unidades.

A matrícula será realizada nas mesmas datas dos aprovados no Vestibular da Fuvest e do Enem/Sisu e deverá ser feita em duas etapas obrigatórias: a primeira, virtual, no site da USP, no dia 20 de janeiro de 2020, e a segunda, presencial, em pontos específicos da Universidade. A data e o local da etapa presencial serão divulgados posteriormente via e-mail a todos os ingressantes.

Para 2020, no total, a USP oferecerá 11.260 vagas em seus cursos de graduação, das quais 8.317 são destinadas para seleção pelo vestibular da Fuvest; 2.830 vagas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), voltado aos candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem); e 113 destinadas a estudantes premiados em competições científicas.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •