Fomentar novas políticas é uma das metas da Faculdade de Saúde Pública

Novos dirigentes da Unidade, Oswaldo Yoshimi Tanaka e Carmem Simone Grilo Diniz, tomaram posse no dia 10 de maio

Por - Editorias: Institucional
(Da esq. p/ dir.) O secretário-geral da USP, Ignácio Maria Poveda Velasco; o novo diretor da FSP, Oswaldo Yoshimi Tanaka; o reitor Vahan Agopyan; a nova vice-diretora Carmem Simone Grilo Diniz; o vice-reitor da USP, Antonio Carlos Hernandes; e a ex-vice-diretora da Faculdade, Patrícia Helen de Carvalho Rondó – Foto: Adriana Cruz / Assessoria de Imprensa da USP

“Alocamos o compromisso de impulsionar a participação e um processo democrático de gestão que permita valorizar a autoestima de todos que aqui trabalham e, com isso, tornar o ambiente mais amigável e solidário”.

Assim o novo diretor da Faculdade de Saúde (FSP), Oswaldo Yoshimi Tanaka, deu início a seu discurso na cerimônia que marcou sua posse como novo diretor da Unidade, bem como da nova vice-diretora, Carmem Simone Grilo Diniz.

A solenidade foi realizada no dia 10 de maio, no Anfiteatro da Faculdade, em São Paulo, e contou com a presença de autoridades governamentais, ex-diretores da Unidade, dirigentes da Universidade, alunos, professores e servidores técnicos e administrativos.

Tanaka destacou o papel de liderança da FSP desde a sua criação, em 1918. “Nesses últimos cem anos, a Faculdade tem exercido papel de destaque no cenário das políticas públicas de saúde do país, quer formando sanitaristas, nutricionistas, docentes, pesquisadores e gestores, quer participando ativamente na formulação e implementação de políticas públicas, que ajudarão o país a avançar na melhoria da saúde da nossa população e, com isso, cumprimos nosso papel”, afirmou.

O novo dirigente apontou como principais desafios de sua gestão a criação de novas propostas para a área, visando a “atuar melhor sobre a saúde da população por meio do ensino, da pesquisa, da atenção à comunidade, da extensão e da cultura. Também precisamos estar vigilantes para que o desempenho dos egressos desta Faculdade esteja respondendo às reais necessidades da população”.

No âmbito da gestão interna da Unidade, Tanaka ressaltou a necessidade de construir um plano acadêmico institucional, com objetivos comuns que permitam “construir um sentido de pertencimento a esta comunidade acadêmica”.

O reitor da USP, Vahan Agopyan, considerou que a condução de uma Unidade centenária como a FSP, que “é mais antiga que a própria Universidade”, não é uma tarefa fácil. “Tenho certeza que os professores Tanaka e Carmem terão a competência de levar essa difícil missão de manter a Faculdade na liderança de sua área de conhecimento e de colaborar para fortalecer a Universidade como instituição pública”.

Após a cerimônia, a  Agência Júnior de Nutrição (Nutri Júnior), composta por alunos de graduação do curso de Nutrição, organizou uma recepção aos convidados. A Nutri Júnior USP foi criada em 2001 com a intenção de aproximar os estudantes do mercado profissional.

Quem são

Oswaldo Yoshimi Tanaka é graduado em Medicina, mestre e doutor em Saúde Pública, todos pela USP. É professor titular do Departamento de Política, Gestão e Saúde desde 2003. Atualmente, é coordenador do Grupo de Trabalho de Avaliação da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).

Desenvolve projetos de pesquisa no campo da avaliação de política e gestão em saúde, com especial interesse na integralidade da atenção em saúde em municípios de grande porte. Tem experiência em Saúde Pública/Saúde Coletiva com pesquisa, docência e consultoria em avaliação de políticas públicas, serviços e sistemas de saúde.

Carmem Simone Grilo Diniz possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e residência, mestrado e doutorado em Medicina Preventiva pela USP. É professora titular do Departamento de Saúde, Ciclos de Vida e Sociedade desde 2011. Durante 20 anos, colaborou com a organização não governamental Coletivo Feminista de Sexualidade e Saúde em atividades de assistência, pesquisa e ensino.

Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Medicina Preventiva, Saúde e Direitos Sexuais e Reprodutivos, Violência de Gênero, Gênero e Saúde Materna, Saúde Materno-infantil e Saúde Pública Baseada em Evidências.

Textos relacionados