Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia ganha novo Centro Didático

A inauguração do Centro Didático Alexandre de Mello faz parte das comemorações pelo centenário da FMVZ

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Considerado uma das prioridades da Faculdade, o novo edifício atenderá aos mais de 400 alunos de Graduação da Faculdade – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

No ano em que comemora o seu centenário, a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) inaugurou o novo Centro Didático Prof. Dr. Alexandre de Mello. A cerimônia foi realizada na manhã do dia 17 de abril e contou com a presença de dirigentes da USP, professores, servidores, alunos, ex-alunos e representantes de entidades parceiras.

O diretor da Faculdade, José Antonio Visintin, enfatizou a importância de se conhecer a história e homenagear aqueles que construíram a FMVZ. “O Centro Didático leva o nome de Alexandre de Mello, em reconhecimento a tudo o que ele fez. Formado na primeira turma da então Escola de Medicina Veterinária, em 1922, o professor Alexandre foi o primeiro veterinário a assumir a Diretoria da instituição, entre os anos de 1931 e 1934, e lutou para que ela não fosse extinta, como aconteceu com outras escolas do gênero na época, garantindo a sua continuidade e posterior incorporação à USP”, explicou Visintin.

“A FMVZ, assim como a própria USP, é resultado de uma decisão política dos líderes paulistas que, ainda no final do século XIX, decidiram criar as escolas profissionais. Eram líderes esclarecidos que acreditavam que apenas por meio da educação a província de São Paulo poderia se desenvolver”, lembrou o reitor Vahan Agopyan.

O dirigente também parabenizou a Faculdade por incluir entre os eventos comemorativos de seu centenário a inauguração de um prédio dedicado ao ensino. “A USP é reconhecida por ser uma universidade de pesquisa. Isso significa que nós formamos os nossos jovens em um ambiente de pesquisa. Os professores não repassam apenas o conhecimento já consolidado, mas transmitem também as novas ideias que ainda estão sendo germinadas. Aqui treinamos os alunos para raciocinar, debater e não ter medo de desafios, e isso deve incomodar muita gente”, disse o reitor.

[Da esq. p/ dir.] O pró-reitor de Graduação, Edmund Chada Baracat; o reitor Vahan Agopyan; o diretor da FMVZ, José Antonio Visintin; e a presidente da Comissão de Graduação, Mayra Elena Ortiz D´Avila Assumpção – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Valorizando o ensino

O novo edifício foi projetado para oferecer um ambiente ideal para o ensino de mais de 400 alunos da Graduação da Faculdade.

O primeiro andar do prédio conta com cinco salas de aula, com 110 lugares e 135 metros quadrados cada. As salas são equipadas com ar-condicionado, lousas, telões, sistema de som e projetores de alta resolução que permitem a visualização em todos os ângulos da sala. Em breve elas também possibilitarão a realização de videoconferências e aulas remotas, o que é imprescindível para os alunos que cursam disciplinas no campus de Pirassununga.

No segundo andar ficam a Sala Pró-Aluno e a Sala de Aula Multimídia, com 50 computadores e sistema de projeção simultânea em quatro pontos. Lá também estão a copa, as salas da equipe da Revista Brazilian Journal of Veterinary Resourch and Animal Science, a da equipe da Associação de Ex-alunos e a dos docentes do Departamento de Nutrição e Produção Animal (VNP).

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados