Embaixador da Irlanda visita a Reitoria na semana do Bloomsday

O embaixador Seán Hoy e o cônsul-geral Eoin Bennis foram recebidos pelo reitor e por pesquisadoras da Cátedra de Estudos Irlandeses

 Publicado: 15/06/2022  Atualizado: 01/07/2022 as 17:34
Por
O embaixador Seán Hoy visitou a Reitoria na manhã da terça-feira, dia 14 de junho – Foto Marcos Santos/USP Imagens

Na manhã desta terça-feira, dia 14 de junho, o reitor Carlos Gilberto Carlotti Junior recebeu a visita do embaixador da Irlanda no Brasil, Seán Hoy, e do cônsul-geral da Irlanda em São Paulo, Eoin Bennis.

“Essa é uma semana muito importante para nós, porque é o ano do centenário do livro Ulysses. Diferentes atividades foram organizadas pelo mundo e, no Brasil, 18 universidades foram convidadas a interpretar um capítulo do livro”, explicou o embaixador.

Entre os assuntos discutidos no encontro estavam a cooperação acadêmica e científica entre os dois países, a realização de atividades culturais conjuntas e a inauguração do Ireland Corner, no Centro Intercultural Internacional da Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional (Aucani), que deve acontecer em setembro.

Acompanharam a visita a diretora adjunta da Aucani, Marly Babinski; a coordenadora da Cátedra de Estudos Irlandeses W. B. Yeats, Laura Patrícia Zuntini Izarra; e a diretora honorária da Cátedra, Munira Hamud Mutran.

[A partir da esquerda] Marly Babinski, Eoin Bennis, Carlos Gilberto Carlotti Junior, Seán Hoy, Munira Hamud Mutran e Laura Patrícia Zuntini Izarra – Foto Marcos Santos/USP Imagens
A visita dos diplomatas aconteceu na mesma semana em que se comemora o Bloomsday, ou “dia de Bloom”, feriado nacional irlandês que homenageia Leopold Bloom, protagonista do romance Ulysses, de James Joyce.

Ulysses100

Celebrado anualmente em 16 de junho, o Bloomsday é o único feriado no mundo dedicado a um personagem literário. A data surgiu em 1954, na Irlanda, e reúne amantes da literatura para uma série de atividades culturais. A tradição é uma forma de prestar tributo ao romancista irlandês James Joyce e sua obra mais célebre, Ulysses, de 1922. O livro, que satiriza o poema épico A Odisseia, de Homero, narra as façanhas de Leopold Bloom pelas ruas de Dublin no período de um único dia — 16 de junho de 1904.

+ Mais

Bloomsday 2022 terá programação especial na USP

Como parte das comemorações pelo centenário do romance, a Embaixada da Irlanda e o Consulado em São Paulo organizaram o concurso Ulysses100 pelos olhos brasileiros, que desafiou alunos de 18 universidades brasileiras a criar artes inéditas, que representam graficamente a obra de James Joyce, para posterior reprodução em um mural. A cada universidade participante, a Embaixada atribuiu um capítulo de Ulysses, que deveria nortear as produções dos discentes. A USP ficou responsável pela ilustração do capítulo sete, intitulado “Éolo” (O Jornal).

Na Universidade, o Espaço das Artes recebeu, entre os dias 13 e 15 de junho, o evento ULYSSES@100, resultado da parceria entre a Cátedra de Estudos Irlandeses W.B. Yeats da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) e a Escola de Comunicações e Artes (ECA), com o apoio da Embaixada da Irlanda no Brasil, da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão (PRCEU) e da Aucani.

O embaixador Seán Hoy e o cônsul-geral Eoin Bennis também participaram da inauguração dos murais vencedores do concurso artístico ULYSSES100 pelos olhos brasileiros, iniciativa da Embaixada da Irlanda e da Cátedra de Estudos Irlandeses W. B. Yeats – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.