Em entrevista, reitor fala sobre os 58 anos da Faculdade de Odontologia de Bauru

Em episódio especial do programa “Conexão USP”, Vahan Agopyan fala sobre o papel do campus de Bauru no combate à pandemia da covid-19

Editorias: Institucional - URL Curta: jornal.usp.br/?p=323858

A Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) comemorou, no dia 17 de maio, seus 58 anos de fundação. Para marcar a data, a TV USP Bauru produziu um episódio especial do programa Conexão USP com a entrevista do reitor Vahan Agopyan, em que ele detalha as ações da USP no combate à pandemia da covid-19 e destaca o papel do campus de Bauru nesse contexto. O programa foi veiculado no dia 19 de maio.

Outros temas abordados pelo reitor foram a criação do programa USP Vida e a retomada das atividades presenciais na Universidade. Assista, a seguir, à integra da entrevista.

História

Criada em 1948, a FOB foi implantada em 1962 e conta com cursos de graduação nas áreas de Odontologia (50 vagas), Fonoaudiologia (40 vagas) e, mais recentemente, Medicina (60 vagas).

Na pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) a FOB oferece dois programas – Ciências Odontológicas Aplicadas e Fonoaudiologia – que, neste ano, comemoram 50 anos de criação, contribuindo para a formação de vários docentes e pesquisadores da própria faculdade, e também resultaram na formação de grupos de excelência nucleados por egressos em outras instituições de ensino e pesquisa no Brasil e no exterior.

A faculdade também oferece cursos de aperfeiçoamento, atualização, difusão e especialização, além de atividades de prática profissionalizante, programas de atualização e residência.

Constituída por seis departamentos de ensino, a faculdade conta com 110 docentes, a maioria em tempo integral, e por 213 servidores técnico-administrativos, operacionais e técnicos.

Veja também a mensagem enviada pelo reitor à comunidade de Bauru em comemoração aos 58 anos da FOB.

Fachada da FOB – Foto: Denise Guimarães/FOB-USP

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.