Diretores assumem o desafio de manter a liderança acadêmica e científica do Instituto de Química

Pedro Vitoriano de Oliveira e Shaker Chuck Farah, diretor e vice-diretor do Instituto de Química, tomaram posse no dia 27 de junho

 28/06/2022 - Publicado há 2 meses  Atualizado: 01/07/2022 as 18:12
Por
[A partir da esquerda] O diretor Pedro Vitoriano de Oliveira, o ex-diretor Paolo Di Mascio, a secretária-geral Marina Helena Cury Gallottini, a vice-reitora Maria Arminda do Nascimento Arruda, o reitor Carlos Gilberto Carlotti Junior e o vice-diretor Shaker Chuck Farah – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens
“Aprimorar ainda mais nossa excelência em ensino e pesquisa é nosso maior desafio, sobretudo no instável cenário político e econômico que atinge toda a sociedade e, especialmente, as universidades públicas e os órgãos de fomento. O IQ não se exime da responsabilidade de lutar para a manutenção da universidade pública de qualidade, inclusiva e diversa”, afirmou o novo diretor do Instituto de Química (IQ), Pedro Vitoriano de Oliveira, em seu discurso de posse.

Oliveira e o novo vice-diretor, Shaker Chuck Farah, tomaram posse em uma cerimônia realizada ontem, dia 27 de junho, na Sala do Conselho Universitário, e prestigiada por vários dirigentes da Universidade, pesquisadores, funcionários, alunos e pelos ex-diretores do instituto José Manuel Riveros, Walter Colli, Hans Viertler, Fernando Rei Ornellas e Luiz Henrique Catalani.

O novo diretor também ressaltou a importância da internacionalização e da inovação e explicou que “um de nossos objetivos é ampliar a visibilidade internacional, aumentando os convênios bilaterais e de dupla titulação para a pós-graduação estendendo-os para a graduação, com vistas a consolidar a internacionalização no Instituto de Química”.

“Temos hoje a tarefa de pensar o IQ do futuro, mantendo as bases sólidas de sua origem, sustentada na produção de ciência básica, apontando estratégias e questões a serem debatidas com o propósito de consolidar a nossa liderança acadêmico-científica”, concluiu o novo diretor.

A solenidade foi realizada na Sala do Conselho Universitário, com a presença de docentes, servidores e alunos do Instituto de Química e representantes de entidades parceiras – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

Inovação

“São pessoas como vocês que fazem a história da Universidade. Nós temos nossos prédios, nossos equipamentos, mas é a dedicação de nossos professores, servidores e alunos que faz a USP”, disse o reitor Carlos Gilberto Carlotti Junior, que iniciou seu discurso agradecendo a atuação do ex-diretor Paolo Di Mascio e saudando os novos dirigentes.

“A posse é uma renovação e é assim que a Universidade vive: da renovação dos alunos que entram e saem todos os anos, da renovação dos nossos professores e, principalmente, da renovação dos nossos dirigentes”, lembrou Carlotti.

O reitor ressaltou a importância do Instituto de Química, especialmente na formação de pós-graduados, e destacou que “o desafio agora é aumentar a interação com o governo e com o setor privado. A inovação é uma vocação do Instituto de Química e espero que vocês consigam incrementar ainda mais a parceria com o setor produtivo, para que as soluções encontradas pelos pesquisadores do IQ cheguem à população e consigam melhorar a qualidade de vida de todos os brasileiros”.

Quem são

O diretor Pedro Vitoriano de Oliveira (esquerda) e o vice-diretor Shaker Chuck Farah – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

Pedro Vitoriano de Oliveira é bacharel em Química pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), com mestrado em Química pelo Instituto de Química de São Carlos (IQSC) da USP e doutorado também pela UFSCar. Desenvolve pesquisas na área de Química Analítica, com ênfase nos métodos ópticos de análise, métodos de separação e preparo de amostras com vistas ao desenvolvimento e aplicações de métodos para determinações elementares e de especiação química em amostras de alimentos, ambientais e de interesse tecnológicos.

Foi um dos fundadores e é editor associado do periódico Brazilian Journal of Analytical Chemistry, é membro do corpo editorial do periódico Foods e atua como assessor de vários outros periódicos. Na administração central, atuou como secretário-geral da Universidade, no período de 2018 a 2022, e é presidente do Comitê de Patrocinadores do Museu do Ipiranga 2022, responsável pelas obras de restauração do museu.

O vice-diretor Shaker Chuck Farah é graduado em Bioquímica e Química pela Universidade de Toronto (1985), com mestrado em Bioquímica pela mesma instituição e doutorado em Ciências Biológicas pela USP. Professor titular do Departamento de Bioquímica do IQ, Farah desenvolve estudos cujo foco principal é entender a base estrutural de processos importantes para comportamentos bacterianos complexos, utilizando como modelo o fitopatógeno Xanthomonas citri, causador do cancro cítrico. Também desenvolve pesquisas técnicas de biologia estrutural, espectroscopia, microscopia de fluorescência, produção de nocautes gênicos e análise de redes de interação proteína-proteína.

Assista à íntegra da cerimônia de posse dos novos diretores do Instituto de Química.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.