Cruesp propõe reajuste de 1,5% nos salários de docentes e servidores

A aplicação do reajuste está sujeita à homologação do Conselho Universitário

A reunião do Cruesp com o Fórum das Seis foi realizada no dia 17 de maio – Foto: Divulgação

O Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp), em reunião realizada no dia 17 de maio, com o Fórum das Seis, propôs reajuste dos salários de docentes e servidores técnicos e administrativos das Universidades Estaduais Paulistas em 1,5% a partir do mês de maio.

Leia, a seguir, a íntegra do comunicado divulgado pelo Conselho.

Comunicado Cruesp nº 01/2018

São Paulo, 17 de maio de 2018

Considerando o cenário de instabilidade da economia brasileira e a situação atual por que passam as universidades, o Cruesp, em um esforço para atenuar as perdas salariais ao longo dos últimos doze meses, em reunião realizada nesta data com o Fórum das Seis, propôs reajuste dos salários de docentes e servidores técnicos e administrativos das Universidades Estaduais Paulistas em 1,5% a partir de maio do corrente.

A aplicação do disposto neste comunicado está sujeita à homologação no âmbito dos respectivos Conselhos Universitários, onde pertinente.

Consciente de que o índice proposto não repõe as perdas salariais, o Conselho de Reitores envidará todos os esforços institucionais possíveis de recuperação salarial tão logo as condições econômicas permitam.

Vahan Agopyan
Presidente do Cruesp
Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas

Textos relacionados