Cruesp divulga comunicado após terceira reunião com Fórum das Seis

O Cruesp lamentou os atos de truculência e piquetes ocorridos nos últimos dias

A reunião foi realizada na sede do Cruesp, em São Paulo – Foto: Adriana Cruz / Assessoria de Imprensa

O Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp) emitiu, no dia 13 de junho, comunicado após a terceira reunião promovida com o Fórum das Seis. Leia, a seguir, a íntegra do texto (os áudios das reuniões estão disponíveis no site do Conselho).

Comunicado Cruesp nº 03/2018

São Paulo, 13 de junho de 2018

O Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp), na terceira reunião realizada com o Fórum das Seis neste ano, lamentou os atos de truculência e piquetes ocorridos nos últimos dias. Tais eventos, embora tenham sido pontuais, estão em oposição ao que fora acordado entre o Cruesp e o Fórum das Seis no encontro anterior.

Na reunião de hoje, o Cruesp:

  1. Reconheceu a importância da recomposição do poder de compra dos salários em face de defasagens vivenciadas nos três últimos anos;
  2. Reiterou o índice de 1,5% de reajuste salarial concedido aos servidores, bem como manteve o compromisso de promover reuniões técnicas periódicas para o acompanhamento da arrecadação do ICMS e para a reavaliação da situação orçamentário-financeira das Universidades ao longo do segundo semestre;
  3. Propôs avaliar os eventuais excedentes financeiros, diante das despesas já comprometidas e que serão realizadas este ano com contratações, carreira, permanência e itens das pautas específicas, e analisar a possibilidade de concessão de novo reajuste salarial no segundo semestre.

O Cruesp respeita o direito de greve e se compromete a avaliar o cenário de cada Universidade, após o retorno das atividades, em mesa de negociação, nos termos da legislação e jurisprudência.

Foi agendada uma reunião das equipes técnicas do Cruesp e do Fórum das Seis, a ocorrer em 23 de julho de 2018.

Vahan Agopyan
Presidente do Cruesp

Textos relacionados