Creches estudam plano para retomada das atividades presenciais

“É importante que desenvolvamos um plano para que esse retorno seja seguro, com tranquilidade para todos”, afirma o superintendente de Assistência Social, Gerson Yukio Tomanari

Por

A Superintendência de Assistência Social (SAS) promoveu, no dia 7 de junho, um encontro com professores, equipes pedagógicas e funcionários das creches mantidas pela Universidade e o médico do Hospital das Clínicas, Arnaldo Lichtenstein, para tirar dúvidas sobre questões relacionadas à covid-19 como parte do planejamento para a retomada das atividades presenciais.

“É importante que desenvolvamos um plano para que esse retorno seja seguro, com tranquilidade para todos. Nosso planejamento segue os parâmetros do Plano USP para a retomada gradual das atividades presenciais”, afirma o superintendente da SAS, Gerson Yukio Tomanari.

A chefe técnica da Divisão de Creches da SAS, Flaviana Rodrigues de Oliveira, explica que, desde o segundo semestre de 2020, encontros temáticos de profissionais da creche com especialistas têm sido promovidos para discutir aspectos ligados à sustentação do trabalho de forma remota, ao diálogo entre saúde e educação e a questões referentes à biossegurança.

“No início deste ano, foi desencadeada uma série de encontros formativos com vistas à construção detalhada de nosso protocolo para retomada das atividades presenciais das crianças. A vinda do doutor Arnaldo culmina com a finalização dessa etapa e aponta para a necessidade de nos prepararmos para o retorno. Parte de nosso grupo de profissionais já tomou a primeira dose da vacina e estamos agora acompanhando todo o processo”, destaca Flaviana.

Desde a suspensão das atividades presenciais da Universidade, em março do ano passado, as creches Central e Saúde estão desenvolvendo atividades pedagógicas com as crianças. “Aos poucos, fomos encontrando formas para nos mantermos próximos das crianças e, de algum modo, os vínculos já estabelecidos. As professoras e equipe de coordenação pedagógica estão envolvidas com o planejamento de diferentes atividades que são postadas nas plataformas digitais e conseguimos manter a frequência dos encontros com as crianças de forma remota, o que chamamos de atividades síncronas”, explica.

Atualmente, 75 crianças estão matriculadas nas duas creches. Ainda não há previsão exata de quando as creches passarão a receber as crianças presencialmente.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.