Conselho Universitário aprova reajuste salarial de 2,2% para os servidores

O reajuste para docentes e servidores técnicos e administrativos será aplicado a partir de 1º de maio

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Sessão extraordinária do Conselho Universitário aprovou a proposta do Cruesp de reajuste salarial para 2019 – Foto: Adriana Cruz / Assessoria de Imprensa da USP

O Conselho Universitário aprovou, em sessão extraordinária realizada hoje, dia 11 de junho, a concessão do reajuste salarial de 2,2% para docentes e servidores técnicos e administrativos, com 88 votos favoráveis, 11 desfavoráveis e três abstenções. O reajuste será aplicado a partir de 1º de maio.

A proposta de reajuste foi apresentada pelo Conselho dos Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp), em reunião realizada com o Fórum das Seis, no dia 16 de maio.

Após a votação, o reitor Vahan Agopyan explicou que o Cruesp fará o acompanhamento com o Fórum das Seis sobre a evolução da arrecadação de ICMS do Estado de São Paulo ao longo do primeiro semestre e meados do segundo semestre.

Caso a arrecadação atinja R$ 80 bilhões até o final de setembro, para uma arrecadação projetada de R$ 108,2 bilhões ao ano, nova reunião do Cruesp com o Fórum das Seis deverá ser realizada na segunda quinzena de outubro. Além disso, deverá ser criado um grupo de trabalho para propor uma política salarial para a USP, a Unesp e a Unicamp.

Segundo dados da Comissão de Orçamento e Patrimônio (COP), com o reajuste, em 2019, o percentual de comprometimento dos recursos orçamentários com pessoal será de 87,5%.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •