Competição USP de Conhecimentos premia estudantes em Pirassununga

Esta foi a segunda cerimônia de premiação da edição de 2019; a primeira foi em São Carlos e estão programados eventos em Bauru, Ribeirão Preto e São Paulo

Editorias: Institucional - URL Curta: jornal.usp.br/?p=274678
O campus da USP em Pirassununga foi o palco da premiação dos estudantes no programa Vem pra USP! – Foto: Marcos Santos / USP Imagens

Foi realizada, no dia 23 de setembro, no Campus Fernando Costa, em Pirassununga, a cerimônia de premiação dos estudantes do ensino médio mais bem classificados na Competição USP de Conhecimentos (CUCo), edição de 2019.

Também foram premiadas, pelo índice de participação geral, a Escola Técnica Estadual João Elias Margutti, de Santa Cruz das Palmeiras, e a Escola Técnica de Vargem Grande do Sul, representadas respectivamente pelo professor José Carlos Ribeiro e pela diretora Ana Lucia Braido Assalin Dontale. Os recursos – R$ 2,5 mil por escola – serão utilizados em benefício das próprias escolas.

A  CUCo integra o Programa Vem pra USP!, que tem como objetivo incentivar os estudantes do ensino médio público paulista a ingressarem nos cursos de graduação da USP e, ao mesmo tempo, estimulá-los a melhorar o desempenho escolar. O programa é desenvolvido por meio de uma parceria entre a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, a USP e a Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest). O programa também contou com a colaboração das Diretorias Regionais de Ensino, do Centro Paula Souza e das escolas vinculadas.

No total, neste ano, foram cerca de 140 mil inscritos, 7.182 premiados e mais de 3.700 escolas envolvidas. Esta foi a segunda cerimônia de premiação da edição de 2019 do programa. No dia 26 de agosto, a cerimônia foi realizada no campus da USP em São Carlos e estão previstos eventos em Bauru, Ribeirão Preto e São Paulo nos meses de setembro e outubro.

O vice-reitor da USP e coordenador geral do programa, Antonio Carlos Hernandes, agradeceu aos pais, professores e diretores que compareceram ao auditório da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA) pelo trabalho conjunto de levar, aos alunos participantes, a esperança de um dia melhor, e falou diretamente aos estudantes sobre os desafios a serem enfrentados daqui para frente.

“Não estamos aqui só porque vocês se saíram melhor na competição. Estamos aqui, porque vocês querem vencer, querem seguir adiante.” Ele citou, ainda, as bolsas e os auxílios que a Universidade oferece ao estudante com necessidades socioeconômicas para que ele possa se manter até a conclusão do curso.

Para a supervisora Adriana Helena Barbosa, que representou a Diretoria de Ensino da região de Pirassununga, um dos principais méritos da competição é mostrar ao jovem da escola pública que o nível superior é acessível para todos. “Trabalhamos para que eles tenham as mesmas oportunidades daquele que se encontra na iniciativa privada. Mostramos que a educação é o caminho e a possibilidade de uma transformação, inclusive social. São filhos de pais que talvez não tenham tido essa oportunidade e que, agora, através da educação, podem transformar sua vida, a vida de sua família e, consequentemente, o país.”

Antes da cerimônia, e como parte da premiação, os alunos puderam conhecer um pouco mais sobre as áreas e os cursos oferecidos pela FZEA.

Também participaram da cerimônia a diretora da FZEA, Elisabete Maria Macedo Viegas; o assessor da Pró-Reitoria de Graduação, Renato Sanches Freire; o prefeito do Campus Fernando Costa, Arlindo Saran Netto; a presidente da Comissão de Graduação da FZEA, Giovana Tommaso; e o presidente da Comissão de Cultura e Extensão da FZEA, Murilo Mesquita Baesso.

“Eu participo desde a primeira edição da CUCo, e isso me fez descobrir a USP e vem me incentivando a prestar o vestibular. A isenção da taxa também foi muito importante, principalmente pela baixa renda da minha família. Espero ver meu nome na lista dos aprovados”, Guilherme Lourenço Silva, 17 anos.

(Texto: Edmilson Luchesi / Vídeo: Antônio Carlos R. Adão Júnior)

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •