RESTAURO

Como as empresas e a sociedade podem contribuir para obras do Museu do Ipiranga

Texto: Luiz Prado

Como as empresas e a sociedade podem contribuir para obras do Museu do Ipiranga

Texto: Luiz Prado

Com início
das obras
de restauro
previsto para
2019, museu
angaria fundos
com auxílio da
Lei de Incentivo
à Cultura

Fechado à visitação desde 2013, o Museu do Ipiranga, como é historicamente conhecido o Museu Paulista (MP) da USP, se prepara para iniciar, em setembro de 2019, as obras de restauração e modernização do edifício-monumento. Com projeto do escritório H+F arquitetos, estimado em cerca de R$ 160 milhões, a instituição busca agora recursos da ordem de R$ 120 milhões junto à sociedade civil e à iniciativa privada, por intermédio da Lei Rouanet.

Em janeiro, a EDP Brasil, braço da Energias de Portugal, gigante do setor elétrico, anunciou uma contribuição de R$ 12 milhões para as obras. O museu informou que o montante será repassado através de renúncia fiscal, possibilitada pela Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), em até quatro exercícios, de dezembro de 2019 a dezembro de 2022.

Essa não é, contudo, a primeira parceria que a USP firma para a reforma do Museu do Ipiranga. Desde 2018, empresas privadas vêm contribuindo com o projeto. Segundo informações da assessoria de comunicação do museu, em abril do ano passado o banco Santander repassou um valor de R$ 1.422.869,00. Em setembro, a resseguradora IRB Brasil RE destinou R$ 400 mil, via Lei Rouanet, para a instituição. Em outubro, foi a vez de a Petrobras fazer uma doação direta no valor de R$ 560 mil.

O convênio entre a EDP Brasil e a Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo (Fusp), responsável por intermediar a relação entre a USP e a iniciativa privada, vem no momento em que a campanha de captação de recursos para o museu ganha impulso, recebendo apoio do governo do Estado.

Nesta etapa, a atenção está nos grandes parceiros e doadores, com o lançamento de cotas para adesão ao projeto, que variam de R$ 1,2 milhão até R$ 12 milhões. Segundo a diretora do museu, professora Solange Ferraz de Lima, nesta primeira fase a instituição está autorizada a captar R$ 50,9 milhões através da Lei de Incentivo à Cultura.

+ Mais

O que acontece num museu quando você não está visitando?

As empresas interessadas podem destinar até 4% do Imposto de Renda devido para apoiar a restauração, via Lei Rouanet. Como contrapartida, o museu oferece visitação para públicos de interesse, visibilidade de marca, comunicação nos veículos do museu, marketing e mídia, licenciamentos de produtos, ações de endomarketing, mobilização comunitária, ativação, formação e conhecimento para públicos de interesse. Além das doações via Lei de Incentivo à Cultura, o museu também aceita outras formas de adesão, através de serviços ou doações não filantrópicas.

Em uma segunda fase, a captação pretende mirar a população através de uma campanha pública, oferecendo aos cidadãos a possibilidade de contribuir com pequenas cotas. Pessoas físicas podem destinar até 6% do Imposto de Renda devido para apoiar iniciativas via Lei de Incentivo à Cultura.

Três grandes frentes de trabalho estão atualmente na pauta da restauração e preservação do museu: o diagnóstico para restauração das fachadas, obras para sustentação e consolidação dos forros e a salvaguarda dos acervos. O projeto ainda prevê seis mil m² de áreas novas, mil m² para abrigar exposições internacionais, espaços para auditório, café, loja e mirante. Além disso, o museu pretende se tornar 100% acessível. A previsão é que as obras, começadas ainda este ano, durem 30 meses, até 2021. A reabertura está marcada para o bicentenário da Independência, em 7 de setembro de 2022.

O Museu do Ipiranga foi criado em 1894 e é o museu público mais antigo da cidade de São Paulo. Construído para marcar o lugar da proclamação da Independência, o edifício-monumento foi aberto ao público em 7 de setembro de 1895. Incorporado à USP em 1963, quando passou a se chamar oficialmente Museu Paulista, é especializado em história da cultura material da sociedade brasileira. O Museu Republicano, localizado na cidade de Itu, é uma instituição vinculada ao Museu Paulista.

Área externa do edifício-monumento: situação atual – Foto: Divulgação / Museu Paulista

Área externa do edifício-monumento: proposta do projeto arquitetônico – Foto: Divulgação / Museu Paulista

Proposta para o novo acesso ao museu – Foto: Divulgação / Museu Paulista

Proposta para área de acolhimento – Foto: Divulgação / Museu Paulista

Proposta para o auditório – Foto: Divulgação / Museu Paulista

Proposta para espaço de exposições temporárias – Foto: Divulgação / Museu Paulista

Proposta para mirante – Foto: Divulgação / Museu Paulista

VEJA COMO ADERIR

(Cotas com desembolso no período de 2018 a 2022)

Rio Amazonas

Acima de 12 milhões

Rio Tocantins

Acima de 7 milhões

Rio São Francisco

Acima de 3,5 milhões

Rio Paraná

Acima de 1,2 milhão

Contrapartidas

A cota principal, Rio Amazonas, garante um rol de contrapartidas que abrange 10 eixos de ação:

Visitação

Visibilidade de Marca

Comunicação

Marketing e Mídia

Campanha de Marketing relacionada a causa

Endomarketing

Mobilização Comunitária

Ativação

Formação e Conhecimento

Projetos e Programa do Museu

Outras formas de adesão – por serviços e doações não filantrópicas – podem ser realizadas.

Contatos

Renata Vieira da Motta 
Assessora Gabinete do Reitor
11 3091-2019 | +11 99426-6719
r.motta@usp.br

Elaine Silva de Brito
Assistente de direção
Museu do Ipiranga/USP
+11 2065-8014 | +11 99818-1777
elainebrito@usp.br

Topo