Capes financiará 153 bolsas de pesquisadores que desenvolvem trabalhos sobre a covid-19

Coordenação investirá recursos da ordem de R$ 2,6 milhões em pesquisas da Universidade

Editorias: Institucional - URL Curta: jornal.usp.br/?p=339792
Prédio da Capes, em Brasília – Foto: Reprodução/N1 Bahia

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) vai financiar 17 projetos da USP dentro do Programa de Combate a Epidemias. O resultado dos editais foi divulgado no dia 16 de julho.

O programa consiste em conjunto de ações de apoio a projetos, pesquisas e formação de recursos humanos para enfrentar a covid-19 e estudar temas relacionados a endemias e epidemias. Duas dimensões estruturam o programa: Ações Estratégicas Emergenciais Imediatas e Ações Estratégicas Emergenciais Induzidas em Áreas Específicas.

Segundo a Capes, 109 projetos foram selecionados, divididos em três editais: EpidemiasFármacos e Imunologia e Telemedicina e Análise de Dados Médicos. “O programa contribuirá para a produção de ciência voltada para um fim específico, no caso, o combate e prevenção à covid-19. Em decorrência, teremos ainda a formação de pessoas altamente qualificadas para atuarem, nas áreas abarcadas, com doenças infecciosas em geral e, especialmente, no contexto de endemias e epidemias”, afirma o presidente da instituição, Benedito Aguiar.

O pró-reitor de Pós-Graduação, Carlos Gilberto Carlotti Junior – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Mais de 70 projetos da USP foram inscritos no programa. Os 17 projetos aprovados receberão, no total, recursos da ordem de R$ 2,6 milhões. Além disso, a Capes custeará 153 bolsas para estudantes de pós-graduação e pós-doutorandos – seis bolsas para alunos de mestrado, 58 para doutorado e 89 bolsas para pós-doutorandos.

“A Pró-Reitoria de Pós-Graduação considera que o apoio recebido pela Capes aos projetos de combate à epidemia se transformará, em futuro próximo, em resultados objetivos para a população brasileira e, certamente, poderemos entender melhor e combater com mais qualidade a covid-19”, destaca o pró-reitor de Pós-Graduação da USP, Carlos Gilberto Carlotti Junior.

Confira, a seguir, a tabela dos projetos contemplados.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.