Arte - Moisés Dorado sobre fotos USP Imagens

Atividades itinerantes devem aumentar a visibilidade da USP em 2021

Na série de matérias sobre os desafios da USP para 2021, a pró-reitora de Cultura e Extensão Universitária fala sobre os projetos para o próximo ano

10/11/2020

Erika Yamamoto

A afirmação do reitor Vahan Agopyan de que “a USP em 2021 não será igual a 2019” tem norteado o planejamento de toda a Universidade para a retomada das atividades no cenário do pós-pandemia da covid-19. Seguindo essa diretriz, a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) elaborou seu planejamento estratégico para 2021 e os principais pontos foram apresentados na reunião de dirigentes, realizada no dia 20 de outubro.

“A pandemia nos deu a oportunidade de criar ações que aumentaram a visibilidade do que fazemos aqui na Universidade. O Portal USP Cultura em Casa, por exemplo, disponibiliza gratuitamente atividades culturais on-line e foi uma grande contribuição para amenizar os dias de confinamento. Outra iniciativa bem-sucedida foi a versão digital da Feira USP e as Profissões, que atraiu estudantes não só do Estado de São Paulo, mas do País todo. Para o ano que vem, vamos incorporar muitas dessas experiências positivas e reforçar ações que aumentem a visibilidade da Universidade”, explicou a pró-reitora de Cultura e Extensão Universitária, Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado.

Maria Aparecida revela que uma das principais iniciativas para o ano que vem é o lançamento do edital Carretas USP na Comunidade, por meio do qual serão selecionados os projetos que utilizarão as duas carretas da PRCEU que serão preparadas para levar atividades de saúde, ciências, cultura e educação para comunidades da capital e de cidades próximas aos campi da USP. As atividades serão realizadas em parceria com outros órgãos da Universidade, com o programa USP Municípios e com as prefeituras locais.

Maria Aparecida – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

“As carretas são um sonho que delineamos desde que iniciamos a gestão. Elas serão um ponto forte de integração da Universidade com a comunidade. Podemos oferecer cursos de capacitação, por exemplo, agregando valor à economia local e mostrando que a USP é uma parceira dos municípios”, afirma a pró-reitora.

Cursos de extensão

Outra iniciativa que deverá ganhar força a partir do ano que vem é o fortalecimento dos cursos de extensão, especialmente dos cursos de extensão a distância.

A Pró-Reitoria, em parceria com a Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) e a Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo (Fusp), deverá investir na adequação da infraestrutura de software, na formação de equipe técnica e desenvolvimento de um aplicativo específico para divulgação e inscrição nos cursos, com o objetivo de ampliar o oferecimento de cursos de extensão a distância.

“É uma visão ainda mais profissional sobre os nossos cursos de extensão. A marca USP é forte, mas poderemos divulgar melhor e facilitar a inscrição e o acesso ao conteúdo dos cursos, no Brasil e no exterior”, afirma Maria Aparecida. Também está em negociação a adesão dos cursos da USP à plataforma EDX, que oferece mais de 2.500 cursos on-line de difusão.

Presencial e virtual

Com o retorno gradual das atividades presenciais, a Pró-Reitoria planeja transformar o Anfiteatro Camargo Guarnieri e o Centro Universitário Maria Antonia em hubs de cultura, com apresentações do Coralusp, da Osusp, do Cinusp e do Tusp, especialmente nos finais de semana e feriados. Da mesma forma, os centros culturais dos campi do interior também serão fortalecidos, dando continuidade às ações culturais integradas com a PRCEU.

A tendência é que eventos como concertos e peças teatrais sejam híbridos, com transmissão on-line para atingir um público ainda maior.

Outra iniciativa prevista para 2021 é o Carnathon Virtual, um hackathon que explorará os desafios da sustentabilidade nos campi da USP. Na competição, estudantes de graduação e de pós-graduação poderão escolher entre os temas propostos pelos prefeitos dos campi para desenvolver projetos inovadores.


.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.