Aluno da USP participa de encontro com estudantes de 28 países

Gabriel Rodrigues Mardegan foi convidado a apresentar o projeto social Bandeira Científica, coordenado pela FM-USP

  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
A iniciativa, organizada pela Universidade Politécnica de Hong Kong, faz parte das atividades da Rede Universitária de Responsabilidade Social – Foto: Divulgação

O aluno de graduação do Instituto de Psicologia (IP) da USP, Gabriel Rodrigues Mardegan, participou, no final do mês de julho, de um encontro internacional que reuniu 300 estudantes de 28 países, na cidade de Beijing, na China.

A iniciativa, organizada pela Universidade Politécnica de Hong Kong, faz parte das atividades da Rede Universitária de Responsabilidade Social (USRN, na sigla em inglês), que tem o objetivo de mobilizar universidades para enfrentar os desafios econômicos, sociais, culturais e ambientais e encontrar soluções para um mundo mais justo, inclusivo, pacífico e sustentável. Na rede composta por 14 instituições, a USP é a única representante latino-americana.

Mardegan foi convidado a apresentar o projeto social Bandeira Científica, coordenado pela Faculdade de Medicina (FM) da USP, do qual faz parte há dois anos.

Criado em 1957, o programa, que envolve mais de 150 alunos, oferece assistência e desenvolve ações para melhorar as condições de saúde de localidades vulneráveis no Brasil, realizando atendimentos, visitas domiciliares, doações de óculos, próteses e órteses, entre outras atividades.

Além da Medicina, outras áreas integram o projeto, como fisioterapia, nutrição, engenharia, odontologia, psicologia, administração, economia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, saúde pública e farmácia.

“O Bandeira Científica tenta articular o conhecimento produzido na sala de aula com as atividades de extensão. Acredito ser esse o diferencial do nosso projeto em relação aos demais que foram apresentados no encontro”, avalia o estudante.

Mardegan (em pé, de camisa azul) é aluno de graduação do Instituto de Psicologia – Foto: Divulgação

Impacto social

Na conferência, líderes globais e especialistas compartilharam sua visão, experiência e esforços pioneiros na busca de soluções para os desafios globais. Dentre os convidados estavam o Prêmio Nobel da Paz 2006, Muhammad Yunus; a ganhadora do Prêmio Yidan para o Desenvolvimento da Educação, Vicky Colbert, fundadora da organização colombiana “New School”; e o vice-presidente do Conselho de Liderança da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, John Thwaites.

Além disso, oficinas intensivas, visitas e atividades de orientação foram organizadas para facilitar aos participantes a transformação de sua visão em ação por meio do trabalho em equipe e do desenvolvimento de projetos colaborativos internacionais.

Ao final do encontro, os estudantes foram organizados em grupos para desenvolver um projeto para tratar de uma questão social premente de uma cidade ou área.

“Todos os participantes têm ideais parecidos, estamos conectados com o mundo e com os desafios. Foi uma experiência muito interessante para pensar novas formas de como a Universidade pode ter maior impacto na sociedade, como pode se tornar uma referência para a sociedade”, considera Mardegan.

Alunos de odontologia atendem crianças na cidade de Acreúna, em Goiás, dentro do programa Bandeira Científica – Foto: Divulgação
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados