“A FEUSP tem compromisso com a escola pública”, afirma diretor

Marcos Garcia Neira e Vinicio de Macedo Santos, novos diretor e vice-diretor, respectivamente, tomaram posse no dia 20 de junho

  • 676
  •  
  • 4
  •  
  •  
O novo diretor da FE, Marcos Garcia Neira, durante seu discurso na cerimônia de posse –  Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

Com auditório repleto de convidados e sob muitos aplausos, tomaram posse os novos diretor e vice-diretor da Faculdade de Educação (FE), Marcos Garcia Neira e Vinicio de Macedo Santos, respectivamente, em cerimônia realizada no dia 20 de junho.

Dirigentes da Universidade e ex-diretores da FE, além de alunos, docentes e servidores técnicos e administrativos da Faculdade participaram do evento.

No início de seu discurso, o novo diretor, Marcos Garcia Neira, fez um breve relato de seu “primeiro dia” à frente da unidade, repleto de demandas administrativas e acadêmicas. “Muitos de vocês podem estar se perguntando por que, em vez de um discurso formal, com metas a serem alcançadas e metas a serem cumpridas, decidimos partilhar essas experiências. Queremos registrar as aprendizagens desse dia e de todos os outros desde então. Aprendemos que dirigir a Faculdade de Educação também significa responder pelo uso dos recursos, coordenar o trabalho dos setores, cuidar da infraestrutura e, principalmente, garantir que a instituição cumpra, de forma plenamente satisfatória, a sua função social”, afirmou Neira.

“A FEUSP que temos só existe porque as pessoas que nos precederam realizaram bem o seu trabalho. Deixaram-nos um legado muito importante, uma herança preciosa, que hoje prometemos proteger e assegurar que seja fortalecida e transmitida àqueles e àquelas que nos sucederão”, destacou. “A faculdade tem um compromisso histórico com a escola pública, com a dignidade, com a vida e a busca incessante por uma sociedade mais justa e menos desigual”, complementou.

O reitor da USP, Vahan Agopyan, também ressaltou o compromisso social da FE, que “tem papel importante para a melhoria da qualidade do ensino no Brasil. A USP adotou recentemente, de forma mais intensa, a questão das cotas para fomentar a inserção social e étnica. Mas só o fato de adotarmos as cotas já demonstra a falência do ensino básico e médio em nosso país. A sociedade debate cotas, mas ninguém discute a melhoria do ensino. Não há solução fácil para isso, mas tenho certeza de que a FE poderá contribuir para resolvermos essa questão”, considerou.

Vinicio de Macedo Santos e Marcos Garcia Neira – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

Quem são

O novo diretor, Marcos Garcia Neira, é licenciado em Educação Física e Pedagogia, com mestrado e doutorado em Educação, pós-doutorado em Currículo e Educação Física e livre-docência em Metodologia do Ensino de Educação Física. Desde 2015, é professor titular da FE, onde atua nos cursos de graduação e pós-graduação, orienta pesquisas em nível de iniciação científica, mestrado e doutorado e supervisiona pesquisas de pós-doutorado. Investiga a prática pedagógica da Educação Física com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e coordena o Grupo de Pesquisas em Educação Física Escolar. Tem experiência nas áreas de educação física escolar, currículo, formação de professores e teorias pós-críticas.

Vinicio de Macedo Santos é licenciado em Matemática, mestre em Educação: História, Política, Sociedade, e doutor em Educação. Desde 2008, é livre-docente pela FE na área de Metodologia do Ensino de Matemática. É professor titular do Departamento de Metodologia de Ensino e Educação Comparada. Realizou pós-doutorado no Departamento de Didáctica de las Matemáticas da Universidade de Sevilha e na École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris, e foi professor visitante da Université Paris Ouest Nanterre. Desenvolve projetos de pesquisa com foco em dimensões da educação escolar, como o currículo de matemática, a relação e as dificuldades de alunos com a matemática, a formação do professor e do pesquisador em educação matemática.

A unidade

A Faculdade de Educação (FE) oferece seus cursos nos níveis de graduação e de pós-graduação, além de diferentes modalidades de pesquisa e projetos de extensão universitária. Na graduação, oferece o curso de Pedagogia, que tem mais de 900 alunos, e disciplinas pedagógicas para cerca de 2.400 estudantes dos cursos de licenciatura da USP.

O Programa de Pós-Graduação em Educação foi criado em 1971 e, desde então, foram defendidas em torno de 1.600 teses de doutorado e 1.800 dissertações de mestrado. O programa mantém, em média, 130 docentes credenciados e 750 alunos regulares, matriculados nos cursos de mestrado, doutorado e doutorado direto.

O Auditório da Faculdade de Educação ficou lotado na cerimônia de posse dos novos dirigentes – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens
  • 676
  •  
  • 4
  •  
  •  

Textos relacionados