Marília Fiorillo

Alemanha confirma novo chanceler

Marília Fiorillo comenta a substituição de Angela Merkel por Olaf Scholz em meio a uma coalizão que deve investir em políticas sociais e ambientais

O que a diplomacia brasileira pode aprender com a do Talibã

Marília Fiorillo comenta entrevista concedida dois dias atrás pelo porta-voz do Ministério de Relações Exteriores do Afeganistão para fazer um paralelo com “aquilo em que se transformou as relações exteriores no Brasil, ofensivas e delirantes”

Seria o Talibã o único capaz de pacificar o Afeganistão?

Marília Fiorillo diz que a mídia tenta nos fazer crer que o verdadeiro inimigo não é o Talibã, mas sim o Isis-K, que seria o verdadeiro responsável pelo ataque ao aeroporto em Cabul recentemente. Nessa versão, o Talibã surge como pacificador

Alemanha confirma novo chanceler

Marília Fiorillo comenta a substituição de Angela Merkel por Olaf Scholz em meio a uma coalizão que deve investir em políticas sociais e ambientais

O que a diplomacia brasileira pode aprender com a do Talibã

Marília Fiorillo comenta entrevista concedida dois dias atrás pelo porta-voz do Ministério de Relações Exteriores do Afeganistão para fazer um paralelo com “aquilo em que se transformou as relações exteriores no Brasil, ofensivas e delirantes”

Seria o Talibã o único capaz de pacificar o Afeganistão?

Marília Fiorillo diz que a mídia tenta nos fazer crer que o verdadeiro inimigo não é o Talibã, mas sim o Isis-K, que seria o verdadeiro responsável pelo ataque ao aeroporto em Cabul recentemente. Nessa versão, o Talibã surge como pacificador