Instituto da Harvard University promove, na USP, encontro de Estudos Afro-Latino-Americanos

Pela primeira vez na USP, o Afro-Latin American Research Institute (Alari), da Universidade Harvard (EUA) promove o “III Encontro Continental de Estudos Afro-Latino-Americanos do Alari 2024”, que reunirá professores, alunos e pesquisadores, entre outros, que trabalham com comunidades afrodescendentes na América Latina

 Publicado: 04/07/2024     Atualizado: 10/07/2024 as 8:37
Encontro Alari 2024 acontecerá na USP nos dias 10, 11 e 12 de julho – Fotomontagem Jornal da USP com imagens de: Metamario/Wikimedia Commons/ CC BY 3.0

A Pró-Reitoria de Inclusão e Pertencimento (PRIP) da USP, o Afro-Latin American Research Institute (Alari) da Universidade Harvard (EUA), e o AfroCebrap – Núcleo de pesquisa, formação e difusão sobre a temática racial vinculado ao Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), realizarão nos dias 10, 11 e 12 de julho o III Encontro Continental de Estudos Afro-Latino-Americanos do Alari 2024. A cerimônia de abertura será no dia 10, às 15h30, no Salão Nobre da Faculdade de Direito (FD) da USP, que fica no Largo São Francisco, 95, na Praça da Sé, São Paulo.

Esta é a primeira vez que a conferência acontece na América Latina, e na USP. No encontro, professores, alunos, pesquisadores, acadêmicos, ativistas, artistas e formuladores de políticas públicas, que trabalham com comunidades afrodescendentes na América Latina, apresentarão propostas para a conferência. Este encontro busca promover o campo acadêmico dos Estudos Afro-Latino-Americanos, por meio de diálogos entre os atores envolvidos na produção e implementação de agendas acadêmicas e de justiça racial na América Latina.

Mais informações sobre o evento, como estatísticas e programação completa, podem ser encontradas no link: https://alari.fas.harvard.edu/third-continental-conference-on-afro-latin-american-studies-2024/.

Alari

O Afro-Latin American Research Institute (Alari) da Universidade Harvard está construindo o novo campo em Estudos Afro-Latino-Americanos. O Instituto tem como missão estimular e patrocinar bolsas de estudo sobre a experiência afro-latino-americana e fornecer um fórum onde acadêmicos, intelectuais, ativistas e formuladores de políticas se envolvam em trocas e debates de produção de conhecimento.

+ Mais

Instituto da Harvard University promove, na USP, encontro de Estudos Afro-Latino-Americanos

Jornal da USP
Jornal da USP
Instituto da Harvard University promove, na USP, encontro de Estudos Afro-Latino-Americanos
/

Além disso, o Alari traz entre seus objetivos expandir a pesquisa e o ensino sobre Estudos Afro-Latino-Americanos, fortalecendo os laços entre a Universidade de Harvard e instituições e organizações dedicadas a promover o conhecimento e a conscientização sobre histórias, culturas e experiências de pessoas de ascendência africana na América Latina.
O Instituto de Pesquisa Afro-Latino-Americana é uma das iniciativas lideradas pelo corpo docente do Centro Hutchins de Pesquisa Africana e Afro-Americana, cuja sede administrativa fica na Faculdade de Artes e Ciências.

Desde sua fundação, o Alari lançou projetos sobre afrodescendientes/afrodescendentes; o Mark Claster Mamolen Dissertation Workshop; e o Working Group on Comparative Slavery, entre outros. O Alari apoia projetos de pesquisa dirigidos por professores e conferências acadêmicas, e ofereceu financiamento para pesquisa de campo de curto prazo e pesquisa de campo de longo prazo para alunos de pós-graduação em Estudos Afro-Latino-Americanos. Saiba mais sobre as iniciativas do Alari aqui.

Serviço:
III Encontro Continental de Estudos Afro-Latino-Americanos do Alari 2024
Nos dias 10, 11 e 12 de julho, na USP

Abertura:
Dia 10, às 15h30, no Salão Nobre da Faculdade de Direito (FD) da USP

Confira aqui toda a programação 

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.