Curso on-line aborda as missões jesuíticas em território guarani nos séculos 17 e 18

Promovido pelo Instituto de Estudos Avançados da USP na plataforma Coursera, curso apresenta a vida cultural e social da época com destaque para o protagonismo das populações guaranis

 Publicado: 15/06/2022
A Primeira Missa no Brasil, por Victor Meirelles – Foto: Wikimedia Commons

.
Grupo de Pesquisa Tempo, Memória e Pertencimento, coordenado pela professora sênior do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP Marina Massimi, lançou a segunda unidade do curso on-line sobre as missões jesuíticas em território guarani, por meio da plataforma Coursera, um Mooc (massive open online course) produzido pelos organizadores do grupo. Os interessados podem se cadastrar, gratuitamente, através da página do curso.

Nesta segunda etapa será abordada a história desses relevantes eventos históricos, que marcaram o início do século 17 até os meados do século 18, envolvendo ampla área geográfica correspondente aos atuais territórios do Paraguai, Argentina (Misiones), Brasil (Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina), Uruguai e Bolívia, a partir dos vestígios da vida cotidiana: artes, saberes, patrimônio monumental e arqueologia.

“Este segundo curso apresenta a vida cultural e social que se desenvolveu nesses espaços, em toda a sua riqueza e originalidade. Nesse âmbito, enfatiza o protagonismo das populações guaranis”, ressalta a professora Marina Massimi.

Trata-se de uma continuidade à primeira unidade do curso, em que foi apresentada uma visão das missões jesuíticas nos territórios guaranis sob uma perspectiva histórica e antropológica, visando a destacar sua importância do ponto de vista da formação da identidade latino-americana e abordando os diferentes aspectos geográficos, sociais, religiosos, políticos e econômicos da experiência.

“São eventos importantes para a história do Brasil e da América Latina que exigem serem mais conhecidos no Brasil”, explica a coordenadora. “Os cursos oferecem um percurso histórico que pode ser realizado a partir do ensino nas escolas até universidades e público de modo geral.”

Ao todo serão três módulos com um total de 19 horas de duração. Os 20 vídeos, que já estão disponíveis na plataforma Coursera, somam cerca de 5 horas e 30 minutos. O Mooc prevê a leitura de 30 textos de referência e a realização de 16 testes.

O curso Missões jesuíticas nos territórios guaranis: o cotidiano está programado da seguinte forma:

O primeiro módulo, intitulado A vida cotidiana, o trabalho e os saberes nas Reduções, terá seis horas ao todo e descreve aspectos do cotidiano das Reduções relacionados ao trabalho, educação, saberes e religiosidade; caracteriza o trabalho e sua relação com o tempo; retrata elementos da instrução religiosa e da formação moral nas Reduções; apresenta aspectos do cotidiano relacionados ao campo da ciência e medicina, a importância das boticas e a pesquisa científica no espaço das Reduções, os processos de adoecimento e a experiência da morte. Nesta etapa há sete vídeos com 88 minutos, dez leituras e cinco testes.

O segundo módulo, denominado Artes, ofícios e literatura, também formado por seis horas, destaca aspectos do cotidiano das Reduções relacionados às artes e aos ofícios; descreve como se organizava a educação e a circulação de saberes nas Reduções; aborda como se estruturava a escultura e a arquitetura nas Reduções; e a importância da música nas Reduções e para as Missões. O módulo é composto de cinco vídeos com 101 minutos, dez leituras e cinco testes.

O terceiro e último módulo, Patrimônio histórico e os traços da memória ao longo do tempo, com sete horas, aborda os traços de memórias narradas a partir da experiência das Reduções e das Missões jesuíticas; apresenta a produção literária sobre as Reduções; descreve as referências culturais dos mbyá-guaranis (população que atualmente mora naqueles territórios) sobre o patrimônio das Missões; traça as diferenças quanto aos processos da elaboração da memória coletiva peculiares da etnia mbyá-guarani; discute a possibilidade de haver diferentes leituras/interpretações do patrimônio histórico dos Sete Povos; analisa o processo de patrimonialização dos vestígios arquitetônico e arqueológico das Missões jesuíticas e descreve o patrimônio cultural material e imaterial das Missões jesuíticas na atualidade. Para esta etapa estão previstos oito vídeos com 129 minutos, dez leituras e seis testes.

2ª edição do curso Missões jesuíticas nos territórios guaranis: o cotidiano
Gratuito e aberto ao público na plataforma Coursera
Página do curso

É possível fazer também a primeira edição do curso Missões jesuíticas nos territórios guaranis: história neste link.

.

Texto: Leandra Martins, da Comunicação do IEA USP

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.