Vídeos apresentam peças do acervo do Museu Paulista da USP

Série com quatro episódios traz resultados de pesquisas em objetos como um astrolábio e uma chocadeira

 14/04/2021 - Publicado há 8 meses
Por
Louças, terceiro episódio da série Encontro com Acervos, traz análises sobre o contexto histórico, social e econômico de objetos de cozinha do início do século 20 – Foto: Museu Paulista da USP

 

Os objetos têm um valor que vai além do financeiro. Eles fazem referência ao contexto social e econômico em que foram produzidos, aos seus usos e sua influência na organização de uma sociedade. Possuem um status e uma história única. Essas são algumas reflexões geradas pela série de vídeos Encontro com Acervos, produzida pelo Museu Paulista da USP, também conhecido como Museu do Ipiranga.

Composta de quatro vídeos, a série é disponibilizada sempre às quartas-feiras, às 18 horas, no canal do Museu Paulista no Youtube. Os dois primeiros vídeos – que tratam de um astrolábio e de uma chocadeira – foram ao ar nos dias 31 de março e 7 de abril. Os outros dois estão previstos para esta quarta-feira, dia 14, e para o dia 21. Através de entrevistas com historiadores, animações gráficas e imagens de época, a série tem como objetivo apresentar ao público peças do acervo do Museu Paulista que estarão em exposição em 2022, quando o museu será reaberto depois de nove anos fechado para reformas.

“Nós queremos mudar essa visão muito conservadora que ainda se tem de museu, visto por muitas pessoas como um lugar de coisas velhas e sem uso, reduzidas a áreas expositivas”, afirma a professora Solange Ferraz de Lima, presidente da Comissão de Cultura e Extensão Universitária do Museu Paulista, que produz a série. “O museu é muito mais do que isso. Ele é um lugar de produção de conhecimento que conjuga pesquisa e preservação, sempre em dupla mão.”

Astrolábio do século 19, apresentado no primeiro vídeo da série Encontros com Acervos: “O computador compacto mais antigo do mundo”- Foto: Reprodução/Youtube

 

Exemplo do que diz a professora Solange é o astrolábio do século 19 apresentado no primeiro vídeo de Encontro com Acervos. Instrumento usado para vários fins – desde calcular a altura das estrelas e auxiliar na navegação até medir a altura de um prédio –, o astrolábio é “o computador compacto mais antigo do mundo”, como define no vídeo o historiador José Rogério Beier. Lembrando que o significado da palavra computador é “aquilo que computa, que faz cálculos”, ele destaca que o astrolábio pode ser considerado um computador, pois desde a Antiguidade grega era um instrumento utilizado para fazer uma série de cálculos. Em 2022, o astrolábio do acervo do Museu Paulista, feito em bronze, será exibido na exposição Territórios em Disputa, que incluirá uma cópia do objeto feita em resina, para manuseio do público.

Chocadeira fabricada em 1923, tema do segundo vídeo da série Encontros com Acervos: informações sobre as transformações ocorridas em São Paulo nas primeiras décadas do século 20 – Foto: Reprodução/Youtube

 

Já o segundo vídeo de Encontros com Acervos, divulgado no dia 7, mostra uma chocadeira fabricada em 1923. Esse aparelho condicionava ovos para serem chocados. No vídeo, a historiadora Maria Eugênia Ferreira Gomes conta que a análise da peça fornece informações não apenas sobre a dieta dos paulistanos, mas também sobre as transformações que ocorreram na cidade e no espaço doméstico nas primeiras décadas do século 20. Conforme Maria Eugênia, um dos aspectos mais relevantes da chocadeira é a possibilidade de a máquina funcionar movida a querosene ou a eletricidade. “Essa hibridez de técnicas muito nos tem a dizer sobre a forma lenta e desigual como a eletricidade chegou a São Paulo.”

Moldura de retrato fotográfico de Santos Dumont, datada de 1904 – Foto: Museu Paulista da USP

Louças da primeira metade do século 20 são o tema do vídeo previsto para ser lançado nesta quarta-feira, dia 14. Nele, o historiador José Hermes Martins Pereira exibe uma coleção de aparelhos de jantar, chá e café, completos ou em parte, e ensina a olhar as características desses objetos.

No último vídeo da série, a ser lançado no dia 21, o historiador Rogério Ricciluca Matiello Félix expõe uma moldura usada para sustentar um retrato fotográfico em tamanho natural do inventor mineiro Alberto Santos Dumont (1873-1932), exibido na Exposição Universal em St. Louis, nos Estados Unidos, em 1904. O objeto revela informações tanto sobre a história de vida do inventor quanto sobre a política externa do Brasil na época, segundo Félix.

Os vídeos da série Encontros com Acervos, produzida pelo Museu Paulista da USP, estão disponíveis gratuitamente no canal do museu no Youtube.

 

 

 

 

 

 

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.