Regina Silveira conversa sobre sua obra e sua trajetória

No dia 5 de junho, às 19 horas, artista participa de evento no Museu de Arte Contemporânea da USP

Por - Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=170111
  • 109
  •  
  •  
  •  
  •  
Paradoxo dos Santos, de 1994, obra de Regina Silveira atualmente em exposição no Museu de Arte Contemporânea da USP – Foto: Cecília Bastos / USP Imagens

A trajetória de Regina Silveira como professora da Universidade de São Paulo e como artista brasileira com renome internacional vai ser apresentada no evento O MAC Encontra os Artistas, que será realizado no dia 5 de junho, terça-feira, às 19 horas, no Museu de Arte Contemporânea (MAC) da USP. Numa conversa informal, o público vai conhecer mais sobre as incontáveis obras de Regina, que destacam a sua presença na arte contemporânea como gravadora, pintora e pioneira da videoarte no País. A entrada é grátis.

“Regina Silveira é uma grande mestre nas artes. Como professora na Escola de Comunicações e Artes da USP e também como artista, tem incentivado os jovens e formado diversos artistas”, explica Kátia Canton, vice-diretora do MAC. “Terei o prazer de atuar na mediação desse encontro, que está sendo relançado em novo formato. A participação do artista tem sempre o apoio da equipe de professores e curadores da Divisão de Pesquisa em Arte, Teoria e Crítica do museu.”

Gaúcha de Porto Alegre, Regina Teixeira se formou em 1959, no Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Estudou pintura e gravura com Iberê Camargo, que orientou a poética do seu trabalho. Na década de 1970, passou a se destacar como artista multimídia. Participou das Bienais de São Paulo (1983 e 1998), da Bienal do Mercosul (2001 e 2011) e da 6ª Bienal de Taipei (2006), além de integrar mostras no Guggenheim Museum de Nova York (2001), no Museu Reina Sofia de Madri (2005), na Philagrafika (2010), na Filadélfia, na Mediations Biennale, de Poznan, na Polônia (2012), e no Museu Amparo (2014), em Puebla, no México, entre outros. Começou a lecionar na Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP em 1974, onde fez mestrado e doutorado e permaneceu por 26 anos.

Até novembro, a série MAC Encontra os Artistas se repetirá sempre na primeira terça-feira do mês. As próximas conversas terão a participação de Gilberto Prado, Evandro Carlos Jardim, Celina Yamauchi e Caciporé Torres.

O evento O MAC Encontra os Artistas, com Regina Silveira, acontece no dia 5 de junho, terça-feira, às 19 horas, no Museu de Arte Contemporânea (MAC) da USP (Avenida Pedro Álvares Cabral, 1.301, Ibirapuera, em São Paulo). Entrada grátis. Mais informações pelo telefone (11) 2648-0254.

  • 109
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados