Pesquisadora explica peças religiosas através de documentos da USP

Palestra sobre o tema ocorre no dia 11 de julho, às 14 horas, na Biblioteca Brasiliana, com entrada gratuita

Por - Editorias: Cultura
  • 11
  •  
  •  
  •  
  •  
Capela e mobiliário da Coleção Ivani e Jorge Yunes, de São Paulo, um exemplo de objetos religiosos que serão analisados pela pesquisadora Silveli Russo em palestra na Biblioteca Brasiliana da USP – Foto: Acervo da Coleção Ivani e Jorge Yunes

Ocorre no dia 11 de julho, às 14 horas, na Sala Villa-Lobos da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM), a palestra Entre Fontes Textuais, Iconográficas e Tridimensionais – Uma Narrativa de Estudo sobre a Arte Cristã de Herança Cultural Barroca, ministrada por Silveli Maria de Toledo Russo, pesquisadora do acervo da biblioteca. 

O objetivo da palestra é relacionar a cultura material de cunho religioso produzida no Brasil nos séculos 18 e 19 com documentos presentes no acervo da biblioteca. Dessa forma, Silveli vai utilizar textos da época, como relatos de viajantes e documentos da própria igreja, para entender melhor o contexto histórico em que as estátuas, pinturas e outras peças barrocas estavam inseridas. ”É uma interlocução entre fontes primárias (manuscritas) e impressas com os próprios objetos”, conta ela.

Essa pesquisa por documentos enriquece o entendimento sobre a cultura material e corrobora sua importância para além da estética, diz a pesquisadora. ”Muito mais interessante que somente observar essas peças por meio da sua apresentação visual é saber sobre a importância delas ao longo de sua trajetória.” Assim, é possível esclarecer qual era a funcionalidade desses artefatos no cotidiano da época, tanto aqueles que estavam nas igrejas e em locais religiosos quanto os que eram de propriedade particular.

A pesquisadora Silveli Maria de Toledo Russo – Foto: Arquivo pessoal

Já a escolha do recorte temporal – séculos 18 e 19 – deve-se ao momento em que os documentos e a cultura material foram produzidos. ”Os objetos em si são em sua maioria do século 18. E no século 19 há um discurso textual a respeito dessas peças.”

A pesquisadora conta ainda como o interesse nessa linha de pesquisa surgiu: “Minha intenção no mestrado foi realizar um inventário de objetos inseridos em acervos museológicos. A partir da observação das peças, comecei a me interessar por seus repertórios estilístico e funcional”. A partir disso, Silveli se aprofundou no assunto, lendo sobretudo alguns documentos pertencentes à Igreja sobre as peças religiosas. Posteriormente, começou a pesquisa na BBM. “A Biblioteca Brasiliana me despertou o interesse de conhecer mais documentos e falas a respeito dessas práticas e desses objetos.”

A palestra Entre Fontes Textuais, Iconográficas e Tridimensionais – Uma Narrativa de Estudo sobre a Arte Cristã de Herança Cultural Barroca ocorre no dia 11 de julho, quarta-feira, às 14 horas, na Sala Villa-Lobos da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) da USP. A entrada é gratuita e aberta ao público. Para receber certificado, é preciso fazer inscrição em 6 de julho, pelo e-mail bbm@usp.br ou pelo telefone (11) 3091-1154. Mais informações podem ser obtidas no site do evento.

  • 11
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados