Peça de teatro aborda a vida da imperatriz Leopoldina

Obra está em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil até 21 de junho, com texto e direção de Marcos Damigo

Por - Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=172673
  • 112
  •  
  •  
  •  
  •  

A Independência do Brasil foi declarada no dia 2 de setembro de 1822 pela imperatriz Leopoldina, e não no dia 7 por Dom Pedro I, como está registrado nos livros de história.

A atriz Sara Antunes interpreta a imperatriz Leopoldina – Foto: Divulgação / Victor Iemini via CCBB

Essa correção histórica é feita na peça Leopoldina, Independência e Morte, com texto e direção de Marcos Damigo, em cartaz até 21 de junho no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em São Paulo. No elenco estão Sara Antunes, como Leopoldina, e Joca Andreazza, como José Bonifácio.

Para falar sobre a peça e sobre a figura histórica da imperatriz Leopoldina, o diretor Marcos Damigo foi entrevistado no programa Via Sampa, da Rádio USP (93,7 MHz), no dia 8 de junho.

Ouça no link acima a íntegra da entrevista.

O programa Via Sampa vai ao ar diariamente, ao meio-dia, pela Rádio USP. A produção é de Heloisa Granito e a apresentação, de Miriam Ramos.

  • 112
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados