Orquestra Sinfônica da USP se apresenta com a Orquestra Errante

Concerto acontece nesta sexta-feira, dia 16, às 12h30, na Cidade Universitária, com entrada grátis

Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=265332
Concerto nesta sexta-feira marca o encontro entre a Orquestra Errante (foto) e a Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) – Foto: Divulgação/Orquestra Errante

A Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) se apresenta ao lado da Orquestra Errante nesta sexta-feira, dia 16, às 12h30, na Cidade Universitária, em São Paulo. Trata-se de mais um concerto da série Música de Câmara da Temporada 2019 da Osusp. Com entrada grátis, o concerto acontece na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) da USP, com a regência do maestro Ricardo Bologna. A Orquestra Errante é um grupo experimental do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, dedicado à pesquisa e à prática da improvisação.

Ligada ao Núcleo de Pesquisa em Sonologia da USP, a Orquestra Errante foi fundada em 2009 pelo professor, compositor e pesquisador Rogério Costa, e é composta de performers dos mais diversos meios e com as mais variadas formações musicais. A prática criativa, coletiva e experimental se desenvolve de forma democrática e não hierarquizada, em um ambiente de diálogo e conversa. A ideia é que qualquer som (instrumentos convencionais e não convencionais) pode ser utilizado em uma criação musical em tempo real.

No programa está a obra Noite Transfigurada, de Arnold Schoenberg (1874-1951), na versão improvisada da Orquestra Errante, seguida pela execução da Osusp. Composta em 1899, em apenas três semanas, e considerada o trabalho mais importante de Schoenberg, é inspirada no poema homônimo de Richard Dehmel. Em suas cinco estrofes, o poema descreve um homem e uma mulher caminhando por uma floresta escura, em uma noite de luar. Com tristeza e aflição, a mulher confessa ao homem que está grávida de um filho que não é dele. Segue-se um interlúdio neutro. No final, a mulher recebe a aceitação e o perdão do homem. “Minha obra não ilustra nem ação nem drama, mas se limita a exprimir sentimentos humanos”, definiu o próprio compositor.

Na sequência, o improviso Insurgências cria um ambiente de criação coletiva, que inclui o maestro, em uma proposta elaborada pela Orquestra Errante, seguida de um momento de improvisação de ambas as orquestras. “É uma improvisação bem diferente do que se conhece no jazz. É uma oportunidade para assistir a um programa de vanguarda e bem contemporâneo”, ressalta a vice-diretora da Osusp, Mayra Moraes.

Orquestra Sinfônica da USP faz mais um concerto de sua Temporada 2019 – Foto: Klinsman Santana

O concerto da Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) e da Orquestra Errante acontece nesta sexta-feira, dia 16, às 12h30, na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) da USP (Rua da Biblioteca, 21, Cidade Universitária, em São Paulo). Entrada grátis. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 3091-3000 e no site da Osusp.    

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.