Ocupação reproduz feira boliviana da Praça Kantuta

Evento foi tema de entrevista no programa “Via Sampa”, da Rádio USP

Por - Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=182750
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
A Praça Kantuta, no Pari, que dominicalmente sedia feira com produtos típicos da Bolívia – Foto: Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

A Vila Itororó, imóvel histórico localizado no bairro da Bela Vista, em São Paulo, recebe até 4 de agosto a Ocupação Praça Kantuta Expandida, iniciativa do Instituto Goethe. Com programação cultural e artística, a ideia é levar para a ocupação o espírito da feira boliviana que acontece todos os domingos na Praça Kantuta, no Pari, em São Paulo, e oferece comidas e artigos típicos da Bolívia.

Os criadores do projeto, Sérgio Régis Martins e Adriana Marcolini, falaram sobre essa iniciativa no programa Via Sampa, da Rádio USP (93,7 MHz), que foi ao ar no dia 18 de julho de 2018.

Sérgio Martins, que também faz a coordenação da ocupação, é professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP e Adriana Marcolini  é pesquisadora do Laboratório de Estudos sobre Etnicidade, Racismo e Discriminação (Leer) da USP.

No encerramento do projeto, no dia 4 de agosto, a Ocupação Praça Kantuta Expandida receberá o grupo musical andino de mulheres Lakitas Sinchi Warmis. O endereço da Vila Itororó é Rua Pedroso, 238, na Bela Vista, em São Paulo, próximo à Estação do Metrô São Joaquim.

Ouça no link acima a íntegra da entrevista com Sérgio Régis Martins e Adriana Marcolini.

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados