Novo programa da Rádio USP valoriza a memória musical do País

“Especiais Rádio Batuta” traz documentários baseados no acervo do Instituto Moreira Salles

No programa de estreia, Especiais Rádio Batuta vai mostrar documentário sobre o compositor Jacob do Bandolim – Foto: Acervo Instituto Moreira Salles

.
Um programa que explora as riquezas do acervo musical do Instituto Moreira Salles (IMS) – uma das mais valiosas coleções do Brasil na área da música popular brasileira, com milhares de itens relacionados a compositores como Chiquinha Gonzaga, Ernesto Nazareth e Pixinguinha. Assim é o Especiais Rádio Batuta, que a Rádio USP (93,7 MHz) estreia neste domingo, dia 2, às 16 horas. O novo programa retransmitirá documentários produzidos e veiculados pela Rádio Batuta – a rádio de internet do IMS -, que têm como fonte principal aquele acervo.

Especiais Rádio Batuta será transmitido sempre aos domingos, às 16 horas, e terá uma hora de duração. O programa de estreia, neste domingo, dia 2, dará início a uma série com quatro episódios intitulada Vibrações – O Som de Jacob do Bandolim, sobre a vida e a obra do compositor carioca. No primeiro episódio, o programa vai destacar a infância de Jacob do Bandolim (1918-1969), filho de um farmacêutico capixaba com uma polonesa que dirigia um centro de prostituição no bairro carioca da Lapa. Jacob estreou no rádio aos 15 anos, quando já dominava o instrumento que o tornou famoso. Entre as gravações a serem apresentadas está um raro registro de Jacob executando uma de suas composições, Treme-Treme, ao lado de Pixinguinha e Benedito Lacerda. Serão ouvidas também as músicas Reminiscências, Si Alguém Soffreu e Cabuloso, todas compostas por Jacob, na voz do compositor. Estão previstas séries sobre o compositor Vadico (1910-1962) – um dos mais constantes parceiros de Noel Rosa (1910-1937) – e a cantora Aracy de Almeida (1914-1988).

“Essa parceria entre a Rádio Batuta e a Rádio USP é muito importante para ampliar a divulgação do acervo do Instituto Moreira Salles”, afirma o jornalista Flávio Pinheiro, superintendente executivo do IMS, que tratou do acordo entre as emissoras com o superintendente de Comunicação Social da USP, o também jornalista Luiz Roberto Serrano. Pinheiro reconhece o “alcance restrito” de uma rádio de internet como a Rádio Batuta e acredita que, com o espaço obtido na grade de programação da Rádio USP, um público muito maior terá acesso a programas de qualidade sobre a música popular brasileira. Para Serrano, a parceria com o IMS enriquece a proposta da Rádio USP, que é expressar a riqueza e a variedade da música e da cultura brasileiras. “Estamos abertos a novos projetos.”

Flávio Pinheiro ressalta que o acervo musical do IMS possui mais de 50 mil discos em 78 rotações – substituídos definitivamente pelos discos de vinil no início da década de 60 -, que registram o que de mais importante foi produzido na música popular brasileira na primeira metade do século 20. “Artistas como Carmen Miranda, Ary Barroso e Noel Rosa só gravaram em 78 rotações”, lembra, destacando a importância, para a cultura do País, da preservação desse patrimônio artístico. “Essa música tem que ser lembrada sempre, porque ela foi fundamental para a trajetória da música brasileira.” É por isso – continua Pinheiro – que o IMS vai lançar, ainda na primeira quinzena de fevereiro, o portal Discografia Brasileira (www.discografiabrasileira.com.br), que disponibilizará o áudio de discos em 78 rotações do seu acervo.

“São programas de excelência produzidos pela Rádio Batuta, que têm uma preocupação com a pesquisa e a preservação da memória”, justifica o jornalista Gustavo Xavier, um dos responsáveis pela programação musical da Rádio USP. Ele ressalta que o programa fortalece as relações entre a rádio e o Instituto Moreira Salles, que tiveram início em março de 2017, quando foi ao ar pela primeira vez o programa Playlist do Zuza, apresentado pelo radialista e crítico musical Zuza Homem de Mello. Realizado graças a uma parceria entre a emissora e o instituto, o programa é transmitido sempre às sextas-feiras, às 18h05, com reapresentação aos sábados, às 10 horas, pela Rádio USP. “O fortalecimento dessa parceria certamente representa uma contribuição importante para a cultura no Brasil.”

O programa Especiais Rádio Batuta estreia neste domingo, dia 2, às 16 horas, na Rádio USP (93,7 MHz), com o primeiro episódio da série Vibrações – O Som de Jacob do Bandolin. A rádio pode ser ouvida via internet, no endereço www.jornal.usp.br/radio.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.