Novo CD mostra formas inovadoras de tocar a flauta transversal

A flautista Cássia Carrascoza explora as possibilidades da técnica expandida em composições originais

Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=309246

Ouça no link abaixo a entrevista da flautista Cássia Carrascoza no programa Via Sampa, da Rádio USP (93,7 MHz), transmitida ao vivo no dia 19 de março de 2020.

A flautista, compositora e professora do Departamento de Música da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP Cássia Carrascoza lançou o disco Tempo Transversal – Flauta Expandida, pelo Selo Sesc. No álbum, Cássia, com mais seis compositores, traz músicas originais experimentais, que propõem explorar sons não ortodoxos da flauta transversal, por meio do que se chama de “técnica expandida”. Também participam do trabalho os músicos Alexandre Lunsqui, Igor Lintz Maués, Mikhail Malt, Rodolfo Coelho de Souza, Sergio Kafejian e Silvio Ferraz.

Capa do novo CD de Cássia Carrascoza, Tempo Transversal – Flauta Expandida – Foto: Reprodução

Em entrevista no programa Via Sampa, da Rádio USP (93,7 MHz), no dia 19 de março passado, Cássia explicou que a técnica expandida se refere a qualquer forma não ortodoxa de tocar um instrumento. No CD que acaba de lançar, acrescentou a flautista, essa técnica foi usada sob inspiração da música eletrônica “e experimentando com os ruídos”. Durante a entrevista, foram ouvidos trechos de composições que demonstram esse procedimento.

Cássia destacou que o disco Transversal do Tempo, de Elis Regina, inspirou o título do seu novo CD, Tempo Transversal, assim como este também reflete sobre as propriedades da música eletroacústica. A flautista discorreu sobre sua pesquisa na área da música, além da influência da sua vida acadêmica em sua carreira artística. Lembrou que seu novo espetáculo, Linhas do Tempo, espera reagendamento devido à pandemia da covid-19.

Ouça no link acima a íntegra da entrevista da flautista Cássia Carrascoza no programa Via Sampa, da Rádio USP.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.