Nova mostra do Cinema da USP apresenta filmes sobre vampiros

Até 4 de maio, evento exibirá mais de 20 produções e incluirá o “Noitão”, na sexta-feira, 13 de abril

Por - Editorias: Cultura
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Mostra Doces Vampiros traz ao público as várias abordagens da figura vampiresca feitas no cinema – Foto: Divulgação / Cinusp

.
O Cinema da USP (Cinusp) Paulo Emílio realiza, de 2 de abril a 4 de maio, a mostra
Doces Vampiros, uma seleção de filmes que busca atrair tanto o público com interesse pela personagem vampiresca quanto espectadores que queiram conhecer as diversas interpretações que o cinema faz dessa figura mitológica. O evento inclui a exibição de mais de 20 produções, a realização de dois debates e ainda o Noitão, que apresentará filmes de terror ao longo de toda a noite da sexta-feira, 13 de abril.

“Desde criaturas pútridas e fétidas oriundas do folclore e da literatura do século 18 até o aristocrático e poderoso Drácula, passando por vampiras lésbicas e jovens contemporâneas, vampiros negros e asiáticos, a representação cinematográfica do vampiro, arraigada no imaginário popular, sobrevive ao longo das décadas, reinventando-se e revigorando o interesse do público”, segundo texto de divulgação do evento, assinado pelos curadores da mostra, Joyce Rossi, Rena Zoé e Thomás Ceschin, e publicado na página do Cinusp (www.usp.br/cinusp).

A curadoria privilegiou obras que abordam diferentes perspectivas quanto ao imaginário vampiresco. Entre elas destacam-se: Drácula de Bram Stoker (Bram Stoker’s Dracula, 1992), de Francis Ford Coppola, que traz a figura vampiresca em forma humanizada, através de um personagem complexo e suscetível às paixões; Nosferatu (Nosferatu, Eine Symphonie des Grauens, 1922), obra do cinema expressionista alemão, em que o cineasta Friedrich Wilhelm Murnau mistura a postura nobre com a figura do repugnante e do monstruoso em um só personagem, o Conde Orlok; e A Dança dos Vampiros (The Fearless Vampire Killers, 1983), em que o diretor Roman Polanski faz uma sátira ao trazer todos os clichês frequentes em filmes de vampiros, como crucifixos, alho e a ausência de reflexo em espelhos.

Outros clássicos, como Blade, o Caçador de Vampiros (Blade, 1998), A Hora do Espanto (Fright Night, 1986) e Fome de Viver (The Hunger, 1983), dividem espaço na programação com obras contemporâneas, como Crepúsculo (Twilight, 2008), Sede de Sangue (Bakjwi, 2009), Vampire (Vampire, 2011) e Garota Sombria Caminha pela Noite (A Girl Walks Home Alone at Night, 2014). Essas produções buscam “ressignificar as representações clássicas da imagem vampiresca, a partir de novas abordagens estéticas e políticas, aproximando a fantasia do cotidiano e atraindo um público mais jovem para esse gênero do terror”, segundo os curadores da mostra.

Cartaz de divulgação da mostra do Cinusp – Foto: Divulgação / Cinusp

.
Debates

Dois debates serão realizados durante a mostra. O primeiro, no dia 5 de abril, às 19 horas, seguirá a apresentação do filme Amantes Eternos (Only lovers left alive, Reino Unido, 2013), dirigido por Jim Jarmusch, e contará com a presença do professor e pesquisador do cinema Leandro Cesar Caraça, mestre pela Universidade de Campinas (Unicamp). O segundo debate, no dia 17, também às 19 horas, ocorrerá logo depois da apresentação de Mr. Vampir (Geung si sin sang, Taiwan, 1985), dirigido por Ricky Lau, e terá como debatedor o doutorando​ da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP Cláudio Augusto Ferreira, pesquisador do cinema sobrenatural japonês.

O Noitão, na noite de sexta-feira, 13, terá início às 19 horas e terminará às 5 horas do sábado, dia 14. Nesse evento, serão exibidos os sete primeiros filmes da série Drácula, da Hammer Films, icônica produtora britânica de filmes de terror, responsável por obras como A Múmia (The Mummy, 1959), O Fantasma da Ópera (The Phantom of the Opera, 1962) e As Bodas de Satã (The Devil Rides Out, 1968).

A mostra Doces Vampiros acontece de 2 de abril a 4 de maio, de segunda a sexta-feira, às 16 e às 19 horas, no Cinema da USP (Cinusp) Paulo Emílio (Rua do Anfiteatro, 181, Colmeias, favo 4, na Cidade Universitária, em São Paulo). Entrada grátis. Mais informações podem ser obtidas na página do Cinusp (www.usp.br/cinusp).

.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados